MENU

Multicampeão, Cielo quer mais títulos e vê Brasil como potência da modalidade

Multicampeão, Cielo quer mais títulos e vê Brasil como potência da modalidade

Atualizado: Quarta-feira, 22 Dezembro de 2010 as 3:17

Uma máquina de ganhar medalhas. Campeão oímpico na China, em 2008, nos 50m livre e bronze nos 100m livre em piscina longa. Na raia mais curta, de 25m, também não deu brecha aos adversários, ganhando as duas provas mais rápidas do Mundial realizado em Dubai no último final de semana. Mesmo assim, Cesar Cielo quer mais. Em êxtase com o seu momento da carreira, ele promete empenho máximo para seguir no lugar mais alto do pódio em 2011, ano em que serão realizados o Mundial de piscina longa, em Xangai (CHI) e o Pan-Americano do México.

- É claro que estou satisfeito pelo que conquistei em Dubai. Mas tem muito mais a vir pela frente. É que nem quando você começa a jogar um videogame e vai ganhando o jogo. Fica gostoso e você não consegue parar. Eu quero mais duas medalhas olímpicas e mais umas cinco de Mundial, aí vou ficar feliz. Quando você se acostuma a vencer, se torna uma coisa gostosa. Estou gostando desse joguinho mais do que nunca. Agora que achei o caminho das pedras, não vou parar. Vou me ‘matar’ de treinar no ano que vem para vencer tudo que vou disputar. O brasileiro tem mania de se acomodar quando conquista algo, mas eu não sou assim – afirmou o nadador, que desembarcou no Aeroporto de Cumbica na manhã desta quarta-feira.

Cielo, que foi muito assediado por fãs, disse que a natação brasileira vive um momento especial. E que as oito medalhas conquistadas em Dubai já colocaram o país em outro patamar do esporte.

- Quando você ganha uma ou duas medalhas, não dá para ficar feliz, afinal destaques individuais sempre existem. Agora, quando vê o Brasil disputando várias finais, ganhando medalhas individuais e no revezamento, muda a história. Estamos nos firmando como uma geração desde o Pan-Americano de 2007. Já viramos uma potência na natação. O Brasil tem a natação mais ascendente do mundo. Estamos sabendo conviver com as cobranças e conquistando resultados importantes. Isso não pode parar – alertou o nadador.

Cielo aproveitou para pedir mais investimentos e respeito com a natação brasileira.

- Espero que esses resultados que estamos conquistando façam as pessoas nos respeitarem mais. Foram oito medalhas, precisamos ganhar e ter retorno. Precisamos da imprensa, do apoio da torcida. Espero que os investimentos melhorem para que possamos trazer medalhas em 2012 – concluiu.

Por: Marcelo Prado

veja também