MENU

Muricy diz, que transferência precoce de Breno o prefuidicou

Muricy diz, que transferência precoce de Breno o prefuidicou

Atualizado: Sexta-feira, 30 Setembro de 2011 as 12:57

Muricy lamenta a situação pela qual Breno está

passando (Foto: Marcos Guerra/Globoesporte.com)

  O técnico do Santos, Muricy Ramalho, responsável por lançar o zagueiro Breno, no São Paulo, em 2007, está chocado com a prisão do ex-pupilo. O jogador do Bayern de Munique-ALE, é acusado de ter incendiado a própria casa.

O treinador santista diz que nunca notou nada de diferente no comportamento de Breno, mas admite que a transferência muito precoce pode ter mexido com a cabeça do zagueiro. Quando foi vendido para o Bayern, ele tinha apenas 18 anos. Atualmente, tem 21.

- Ele foi cedo demais. No Brasil, o jogador está acostumado a ser cuidado. Os clubes agem como pais, tomam conta do garoto dentro e fora de campo. Lá na Europa, é diferente. Eles pagam o salário, cobram resultado e acabou. Não querem saber da vida extra-campo do garoto. O menino sai sem base, sem experiência, com o lado intelectual não formado. Isso gera muita insegurança - explica.

Muricy diz que nunca mais teve contato com Breno depois que o jogador foi para a Alemanha.

- É difícil para eu falar o que acontece com ele. Só posso analisá-lo jogando, pois não mantemos contatos. Como o jogador não vem atuando lá, acredito que ele não tenha se adaptado. Agora, enquanto ele esteve comigo no São Paulo, nunca tive nenhuma dúvida sobre o seu comportamento. Sempre foi um bom garoto.          

veja também