MENU

Muricy exalta técnica do Santos para superar gramado sintético

Muricy exalta técnica do Santos

Atualizado: Sexta-feira, 16 Março de 2012 as 8:09

O polêmico gramado sintético do Estádio Elías Aguirre chegou a prejudicar o Santos, mas não de forma decisiva, já que o time conseguiu se recuperar após sofrer o primeiro gol do Juan Aurich, do Peru, e virou a partida por 3 a 1, em Chiclayo.


Passado o bom início dos peruanos, o Alvinegro foi se acostumando com a condição do campo e ficou à vontade para marcar gols e criar muitas oportunidades. Tal feito foi elogiado pelo técnico Muricy Ramalho, que destacou a técnica do time para superar a adversidade. Ele não deixou, porém, de criticar o gramado.
- Eles disseram que era grama sintética, mas isso é um carpete. Nossos jogadores não estão acostumados. Tivemos de comprar tênis apropriados para jogar, e aí tem um tempo de adaptação, pois o adversário está acostumado. Mas quando eles fizeram o gol, se acomodaram, e aí aparece a nossa técnica, que é muito boa e prevaleceu - analisou, após a partida.

Mesmo gostando da vitória e avaliando que o time mereceu o resultado, o treinador chegou a se exaltar durante a coletiva, pedindo silêncio para ouvir as perguntas dos jornalistas e saindo antes do término da entrevista, por conta de um desentendimento entre os assessores de Santos e Juan Aurich.


- Nossa obrigação era saber como o adversário joga, temos informações das partidas. Claro que encontraríamos dificuldades pelo que aconteceu, pela adaptação ao campo, mas merecemos a vitória - completou.
Com o triunfo, o Alvinegro virou segundo colocado do Grupo 1 da Libertadores, empatado com Internacional (líder) e The Strongest, da Bolívia (terceiro), todos com seis pontos cada. Pelo saldo de gols, o Colorado lidera a chave. O confronto seguinte do Santos na competição sul-americana é contra o mesmo Juan Aurich, na próxima quinta-feira, na estreia do time Pacaembu nesta temporada.

veja também