MENU

Muricy mantém tranquilidade após início ruim, mas lamenta erros

Muricy mantém tranquilidade após início ruim, mas lamenta erros

Atualizado: Segunda-feira, 10 Maio de 2010 as 7:29

Os desfalques de jogadores importantes, a falta de tempo para treinamentos e a espera por reforços ainda mantêm Muricy Ramalho calmo, mas os números preocupam. Já são três derrotas em três partidas no comando do Fluminense. O revés da vez foi diante do Ceará, por 1 a 0, neste domingo, no Castelão, em Fortaleza, pela primeira rodada do Brasileirão.

Os fatores extracampo, no entanto, não impedem o treinador de identificar problemas na equipe. Muricy reclamou da postura tricolor diante do Vozão.

- No primeiro tempo, erramos demais. Um campeonato duro como esse não perdoa. Jogamos fora de casa e sofremos contra-ataques. Não pode ser assim, tem que ser o contrário.

Barrado para o retorno de Marquinho ao meio-campo, com Julio Cesar na ala esquerda, Everton foi elogiado pelo comandante. Segundo Muricy, a entrada do volante no intervalo deixou o Flu mais equilibrado, apesar da desvantagem numérica em campo com a expulsão de Cássio.

- Com um a menos é difícil, mas, por incrível que pareça, com um homem a mais, o Ceará deixou o Fluminense jogar. Com a entrada do Everton ajeitamos o time. Agora é preciso esfriar a cabeça, analisar, treinar a semana toda.

O gol da vitória cearense aconteceu em pênalti muito reclamado pelos jogadores tricolores convertido por Geraldo. O treinador evitou criticar a arbitragem, mas lamentou a dureza dos critérios adotados.

- Foi mais cumprimentar o Paulo César (de Oliveira) (após o jogo), como sempre faço. Ele e o (Ednilson) Corona são muito corretos e acima de qualquer suspeita. Respeito a visão deles, mas foi uma punição dura. Pênalti, expulsão e repetição da cobrança. É complicada essa questão da paradinha. Todo mundo se mexe no mundo inteiro, mas aqui no Brasil os árbitros são rígidos.

Sem ponto, o Fluminense é o 17º colocado no Brasileirão e encara o Atlético-GO, sábado, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã.

veja também