MENU

Muricy Ramalho é claro: "Libertadores é pouco para nós"

Muricy Ramalho é claro: "Libertadores é pouco para nós"

Atualizado: Quinta-feira, 19 Novembro de 2009 as 12

A derrota para o Grêmio pode afastar de vez o Palmeiras da briga pelo título brasileiro. Em caso de vitória de São Paulo ou Flamengo no final de semana, o Verdão vai precisar de uma combinação extremamente difícil de resultados para ser campeão. Abatido, o técnico Muricy Ramalho não se conforma em ver seu time concentrado apenas em disputar uma vaga na Copa Libertadores da América do ano que vem.

Em 2009, a diretoria palmeirense fez grandes investimentos para acabar com o jejum de 15 anos sem conquista no Campeonato Brasileiro. ''Acho que brigar pela Libertadores é muito pouco para o Palmeiras. O momento é difícil, mas temos que suportar'', define o treinador, em relação aos jogos finais na competição, contra Atlético-MG (em casa) e Botafogo (fora).

Tricampeão brasileiro pelo São Paulo, Muricy Ramalho reitera a observação de que todos os integrantes do Palmeiras - diretoria, comissão técnica, elenco e até torcida - vivem uma grande dificuldade emocional.

''Já conversamos sobre essa ansiedade de todo o clube em querer ganhar o título. Todos querem fazer até demais, ajudar, os jogadores sentem (a pressão). Deveríamos ter sido mais maduros nesta reta final'', afirma.

Dentro do elenco alviverde, a ordem é continuar motivado para encerrar bem a competição para, pelo menos, conquistar a vaga na Libertadores da América. Apesar da má fase, o Palmeiras (59 pontos) vai permanecer no G-4 por mais uma rodada, já que há no domingo o confronto entre Atlético-MG e Internacional, quarto e quinto colocados da classificação, ambos com 56 pontos. Mas a gordura está acabando.

''A dificuldade é grande e nosso objetivo maior passa a ser a Libertadores. Sempre trabalhamos honestamente no clube e podem ter certeza de que vamos honrar a camisa do Palmeiras'', garantiu o camisa 7.

veja também