MENU

Murray domina, e Nadal abandona jogo com dores no joelho no Australian Open

Murray domina, e Nadal abandona jogo com dores no joelho no Australian Open

Atualizado: Terça-feira, 26 Janeiro de 2010 as 12

Rafael Nadal não foi páreo para Andy Murray e, com dores no joelho direito, abandonou o duelo com o britânico nas quartas de final do Australian Open. O escocês fez um jogo impecável, se defendendo com eficiência e disparando bolas vencedoras de todas as partes da quadra, e liderava o jogo contra o atual campeão do Australian Open por 2 sets a 0: 6/3 e 7/6(2). Murray também tinha 3/0 na terceira parcial quando o espanhol abandonou.

Diante de um Nadal mais agressivo do que de costume, o número 4 do mundo executou 13 aces e 39 winners para assegurar uma vaga nas semifinais do Grand Slam australiano. Eliminado nas oitavas em 2009, Murray já faz sua melhor campanha em Melbourne. Ele será favorito nas semifinais, em que enfrentará o croata Marin Cilic, 14º colocado no ranking.

Jogo duro antes da lesão

A partida começou já em altíssimo nível. Murray deixou seu jogo conservador e partiu desde o início para o ataque. Nadal, vendo a postura do rival, também acelerou a definição dos pontos. O espanhol conseguiu a primeira quebra já no terceiro game, com uma direita paralela indefensável. O britânico deu o troco no quarto com um lob cheio de efeito e empatou a parcial.

O game decisivo foi o quinto, em que Murray se salvou de 0/40 para confirmar o saque e ganhar moral. Em seguida, com uma devolução vencedora de esquerda, o número 4 do mundo voltou a vencer no serviço do adversário. Pouco depois, o escocês sacou no nono game para fechar a parcial, mas Nadal conseguiu três break points. Murray se salvou mais uma vez e fechou o set.

O aproveitamento de chances de quebra fez toda a diferença na parcial. Enquanto Nadal converteu um de oito break points, Murray aproveitou duas das quatro oportunidades que conquistou.

Fogos de artifício sacodem segundo set

A segunda parcial começou tão equilibrada quanto a primeira, mas sem chances de quebra. Tanto Murray quanto Nadal confirmavam seus games com folga, até que o jogo foi paralisado durante a queima de fogos realizada anualmente no centro de Melbourne para comemorar o Australia Day, feriado nacional.

O jogo foi interrompido por nove minutos e, no retorno, Murray cometeu dois erros e teve seu saque quebrado. Nadal abriu 4/2, mas logo em seguida cedeu seu próprio saque ao britânico. Com o passar dos games, a parcial foi ganhando emoção. No 11º, Nadal teve de salvar quatro break points para manter a vantagem.

A decisão foi para o tie-break, e Murray levou vantagem desde o primeiro ponto. Contando com três erros de Nadal, o britânico abriu 5/1 e não deu espaço para reação do espanhol. Três pontos depois, o número 4 do mundo abriu 2 sets a 0.

Nadal sente dor no joelho

Após perder o primeiro game do terceiro set, Nadal pediu atendimento médico para tratar o joelho direito, que o incomodava. O espanhol voltou para a partida, mas logo ficou claro que ele não resistiria por muito tempo. Murray conseguiu uma quebra e confirmou seu serviço para abrir 3/0. Na troca de lado, o número 2 do mundo conversou com o adversário e abandonou o jogo.

veja também