MENU

Na Academia, garrafa quebra vidro do carro do atacante Luan

Na Academia, garrafa quebra vidro do carro do atacante Luan

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 3:33

A derrota do Palmeiras diante do Coritiba trouxe consequências drásticas nesta sexta-feira na Academia de Futebol. O atacante Luan teve o vidro do seu carro quebrado por uma garrafa arremessada no estacionamento reservado aos atletas no Centro de Treinamento do clube paulista.

O atleta percebeu o incidente somente no momento em que chegou ao local, na manhã desta sexta-feira. A ideia dos vândalos era utilizar a garrafa como um objeto incendiário para causar ainda mais danos - o chamado coquetel Molotov -, mas não houve êxito. Segundo funcionários do Palmeiras, outros veículos não foram atingidos.

O mais curioso é que do lado externo do CT palmeirense não há qualquer tipo de visão para o estacionamento dos carros dos jogadores. O caso ainda será investigado no clube.

Luan é alvo de grandes críticas desde o ano passado. A propósito, o jogador viu o seu nome nas pichações feitas no Palestra Itália logo depois da derrota em Curitiba.

Os atos de vandalismo começam a virar rotina no futebol paulista. No início de fevereiro, funcionários, jogadores do Corinthians e até o técnico Tite sofreram prejuízos em seus veículos em uma invasão realizada no Centro de Treinamento Joaquim Grava, na Rodovia Ayrton Senna.

Na ocasião, o Timão havia sido eliminado na fase preliminar da Copa Libertadores da América contra o Deportes Tolima, da Colômbia. Os torcedores do Alvinegro consideraram o resultado vergonhoso e fizeram uma série de protestos no clube.

veja também