MENU

Na briga pela artilharia, Liedson supera sua melhor média de gols

Na briga pela artilharia, Liedson supera sua melhor média de gols

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 9:17

Os “vovôs” do Corinthians fizeram a diferença na goleada por 5 a 0 sobre o São Paulo, no último domingo. Um deles, porém, vive um momento especial na carreira. Aos 33 anos e depois de sete temporadas de idolatria em Portugal, chegando até a disputar a última Copa do Mundo pela seleção lusitana, Liedson voltou ao Timão para brilhar. Além de já estar na disputa pela artilharia do Campeonato Brasileiro, o Levezinho tem também a melhor média de gols de toda a carreira.

Contratado pelo Alvinegro em fevereiro, já com a temporada em andamento, o camisa 9 não decepcionou ao substituir Ronaldo, aposentado desde a inesperada eliminação na fase prévia da Libertadores. Em 20 partidas até o momento, o jogador marcou 15 gols, média de 0,75 por confronto. Os últimos três anotados no massacre sobre o Tricolor, pelo Brasileirão.

O rendimento é superior ao que ele obteve na temporada 2004-2005, pelo Sporting. Na ocasião, o centroavante fez 35 em 47 partidas, média de 0,74, sendo artilheiro do Campeonato Português, com 25 - repetiu o feito em 2006-2007, com 15. Em seguida, vem a temporada 2008-2009, quando anotou 25 em 35 duelos, média de 0,71.

Liedson ganhou tanto destaque em Portugal que foi convidado a se naturalizar para atuar pela seleção local. A proposta foi aceita e ele participou da última Copa do Mundo, disputada na África do Sul, marcando um gol. O time português acabou eliminado nas oitavas de final em derrota por 1 a 0 para a Espanha. No total, vestiu a camisa do país europeu em 14 oportunidades, com quatro gols, média de 0,28.

Liedson comemora um de seus gols no clássico de domingo (Foto: Evelson de Freitas / Agência Estado)

  - Foram sete anos e meio, sempre bem, fazendo gols. Sou muito grato ao Sporting. Isso vai ficar para sempre no meu coração – afirmou o atacante, em sua chegada ao Corinthians, no início de fevereiro.

No Brasil, os números do Levezinho de 2011 são ainda mais superiores. No Coritiba, onde ganhou projeção nacional, anotou 20 em 29 rodadas, com média de 0,68. Em seguida, fez 15 em 29 pelo Flamengo (0,51). No Corinthians, balançou a rede 22 vezes em 38 duelos (0,57).

  Mais do que manter ou melhorar a média, Liedson tem outra missão: ser o primeiro artilheiro do Campeonato Brasileiro pelo Corinthians. O Timão nunca teve o goleador máximo do torneio. Ele já lidera a disputa, ao lado de Bernardo, do Vasco, e Luan, do Palmeiras, com quatro. No Paulistão, mesmo tendo estreado na sexta rodada, foi quem marcou mais ao lado de Elano, do campeão Santos, com 11.

- Os gols são importantes, fico muito feliz, mas o fundamental é que a equipe está conseguindo os resultados – ressaltou.

Enquanto não tem Adriano para brigar pela vaga de centroavante na equipe de Tite, Liedson vai se aproximando do melhor momento vivido por Ronaldo no Timão. Em 2009, em seu primeiro ano no clube, o Fenômeno fez 23 em 38 partidas. Faltam apenas oito em mais 33 rodadas do Brasileirão.          

veja também