MENU

Na despedida do país, Brasil quer vitória por tranquilidade

Na despedida do país, Brasil quer vitória por tranquilidade

Atualizado: Quarta-feira, 16 Junho de 2010 as 4:26

Surpreendida pela Holanda em Brasília no último final de semana, a seleção brasileira masculina de vôlei faz, nesta sexta e neste sábado, seus dois últimos jogos no país pela Liga Mundial. Diante da Coreia do Sul, no Rio de Janeiro, o time do técnico Bernardinho precisa das vitórias para ir com mais tranqüilidade aos jogos fora do país.

De acordo com o treinador, os asiáticos possuem características diferentes dos dois adversários que já enfrentou até agora na disputa: búlgaros e holandeses. ''A Coreia do Sul tem características diferentes da Bulgária e da Holanda. Eles jogam com mais velocidade e têm uma formação diferente das formações tradicionais. Temos os vídeos das quatro partidas que a seleção sul-coreana fez até agora e vamos estudá-los. Duas vitórias nestes jogos no Rio são muito importantes para mantermos as nossas chances de classificação para as finais'', afirmou.

A seleção brasileira tem a mesma campanha da Holanda: três vitórias e uma derrota. A vantagem da equipe europeia, que lidera o grupo A, é que o Brasil venceu a segunda partida diante da Bulgária, em Uberlândia (MG), por 3 sets a 2. Este resultado, de acordo com o novo regulamento da Liga Mundial, dá ao time vencedor apenas dois pontos, e ao perdedor, um. Vitórias por 3 sets a 0 e 3 a 1, garantem três pontos na classificação.

''Brasil, Holanda e Bulgária vão brigar até o último fim de semana pela classificação'', prevê Bernardinho. ''A estrada ainda é longa'', completa o técnico da seleção brasileira. Os holandeses receberão os búlgaros neste fim de semana, na cidade de Apeldoorn. O Brasil busca o nono título da Liga Mundial (1993 / 2001 / 2003 / 2004 / 2005 / 2006 / 2007 / 2009).

Nas partidas de volta da Liga Mundial, o Brasil jogará contra a Holanda nos dias 26 e 27, em Rotterdã. Depois, a seleção brasileira entrará em quadra nos dias 3 e 4 de julho, na cidade sul-coreana de Gwangju, para enfrentar a Coreia do Sul. Em seguida, retornará à Europa, e será recebida pela Bulgária nos dias 8 e 9 de julho, em Varna.

veja também