MENU

Na Espanha, Fernando Alonso fala em "esforço extra"

Na Espanha, Fernando Alonso fala em "esforço extra"

Atualizado: Quinta-feira, 6 Maio de 2010 as 8:54

Bicampeão mundial, o asturiano Fernando Alonso é um dos principais ídolos do esporte espanhol. Na véspera da etapa de Barcelona do campeonato de Fórmula 1, o piloto de 28 anos promete fazer um esforço extra diante de seus fãs na manhã do próximo domingo.

''Em cada curva, as arquibancadas estão cheias de gente muito emocionada com as bandeiras. Assim, você faz um esforço extra para dar o máximo de si mesmo. Quando chego na Espanha, tiro 100% das minhas forças'', declarou Alonso, que se prepara para correr em casa pela primeira vez como piloto da Ferrari.

No Grande Prêmio da Espanha, o brasileiro Felipe Massa e o espanhol contarão com um novo motor. A Ferrari aproveitou as três semanas de intervalo desde a corrida em Xangai e promoveu mudanças nos propulsores depois de enfrentar problemas nas primeiras etapas da temporada.

Prestes a estrear a nova peça, Alonso ainda comentou as particularidades do circuito catalão. ''É um traçado com curvas muito longas, nas quais você deve ter uma velocidade muito alta e vale sobretudo uma boa aerodinâmica. Historicamente, aqueles que saem na frente sempre conseguem o pódio ou a vitória'', analisou.

Ao fazer um balanço das quatro primeiras etapas do Mundial de 2010, Fernando Alonso lamentou a perda de pontos por ''alguns erros'', mas destacou que a Ferrari ''está próxima da liderança'' tanto no campeonato de pilotos, quando na disputa dos construtores.

Depois de vencer no Bahrein, ele foi quarto na Austrália, abandonou na Malásia e repetiu o quarto lugar na China. Com 49 pontos, divide o terceiro lugar com o britânico Lewis Hamilton, da McLaren. Companheiro do campeão de 2008 na equipe inglesa, o também britânico Jenson Button lidera com 60 pontos ganhos.

Para Alonso, o início da temporada de corridas na Europa pode ser um momentio decisivo. ''É hora de mostrar que queremos esse Mundial mais que qualquer outro. Já provamos que o F10 é um carro vencedor e em condições de lutar pelo campeonato'', encerrou o piloto espanhol.

veja também