Na final contra a Rússia, alerta: 'Precisamos ser perfeitos'

Na final contra a Rússia, alerta: 'Precisamos ser perfeitos'

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:18

Marlon é abraçado por Théo na partida contra Cuba

(Foto: agência EFE)  

Antes de enfrentar a forte seleção de Cuba, Marlon não mediu palavras. Afirmou que se o Brasil não melhorasse em quadra, não teria chances de passar à final da Liga Mundial, na cidade argentina de Córdoba. Com uma apresentação regular, a equipe verde-amarela carimbou seu passaporte para mais uma decisão. Mas o levantador ainda segue temeroso quanto ao título. Para ele, é preciso ser perfeito para chegar ao eneacampeonato. - Jogamos bem contra Cuba, mas contra a Rússia, precisamos ser perfeitos. Os russos são mais conscientes e experientes.

O levantador entrou em quadra na partida semifinal contra Cuba para substituir Bruninho, que vive um momento de altos e baixos. Foi um dos destaques na emocionante vitória por 3 sets a 1. De acordo com o técnico Bernardinho, é possível que Marlon inicie a final contra a Rússia como titular. A partida está marcada para as 21h (de Brasília) deste domingo.

- Foi uma bela vitória, mas em relação ao meu desempenho, espero muito mais. Acho que estou muito abaixo do que eu posso fazer - concluiu o jogador.

Por Carol Oliveira Direto de Córdoba, Argentina

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições