MENU

Na mira de clube russo, Jucilei fala em tom de despedida: 'É muita grana'

Na mira de clube russo, Jucilei fala em tom de despedida: 'É muita grana'

Atualizado: Sexta-feira, 18 Fevereiro de 2011 as 9:50

O volante Jucilei admitiu após a vitória sobre o Mogi Mirim, nesta quinta-feira, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista, que está balançado pela proposta feita pelo Anzhi Makhachkala-RUS, time que contratou Roberto Carlos. O jogador não descartou deixar o Corinthians e reconheceu que é a oportunidade de resolver a vida financeiramente. Ele, aliás, protestou contra o técnico Tite ao ser substituído no segundo tempo.

- É complicado quando vem uma proposta que mexe com o cara. É muito dinheiro, estar milionário aos 25 anos. É muita grana. É um lugar frio, mas é a chance de fazer sua vida. Tem que pensar muito – disse.

Jucilei deve fazer o último jogo pelo Corinthians no próximo domingo, contra o Santos, às 16h, no Pacaembu. A diretoria do Timão e o empresário do jogador, Nick Arcuri, negam qualquer oferta oficial do clube russo. Entretanto, o adeus do volante parece cada vez mais certo depois das declarações do próprio atleta. Questionado na saída do campo se garantia que ficaria no clube, desconversou.

- Não garanto nada. Quem pode garantir é o Corinthians e o meu empresário - disse o jogador.

- O Corinthians não recebeu nenhuma proposta oficial do clube. Fiquei sabendo pelos jornais. Estamos aguardando a proposta para decidir o que fazer – afirmou o diretor de futebol do Timão, Roberto de Andrade.

Jucilei mostrou insatisfação ao ser substituído por Morais no segundo tempo da partida contra o Sapão. O jogador balançou a cabeça negativamente e atirou no chão o colete que recebeu para poder ficar no banco de reservas. Depois do jogo, contemporizou.

- Ele (Tite) comanda, sabe a hora de trocar. Faz parte do jogo. Ele achou que eu tinha que ser substituído. Eu só balancei a cabeça. O futebol é assim mesmo – completou.    

veja também