MENU

Na reestreia do técnico Silas, Avaí visita o desconhecido Vilhena-RO

Na reestreia do técnico Silas, Avaí visita o desconhecido Vilhena-RO

Atualizado: Quarta-feira, 23 Fevereiro de 2011 as 9:28

Pela sétima vez na história, o Avaí começa a caminhada rumo ao título inédito da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, a equipe enfrenta o Vilhena, às 21h (horário de Brasília), no Estádio Portal da Amazônia, em Rondônia. O mais longe que o Leão já conseguir chegar na competição foi às oitavas de final, em 2007 e 2010.

O juiz Alinor Silva da Paixão será responsável pela partida. Ele será auxiliado por Joadir Leite Pimenta e Lincoln Ribeiro Taques.  

A grande novidade do Avaí para a partida desta quarta-feira pela Copa do Brasil é a reestreia de Silas no comando da equipe. Depois de um início de ano ruim, a diretoria resolveu contratar o técnico, que já fez sucesso no clube, para tentar melhorar os resultados em campo. Para o jogo, ele não poderá contar com o meia Marquinhos, que se recupera de uma entorse no tornozelo esquerdo sofrida na partida contra o Concórdia e foi vetado pelo departamento médico.

Poucos dias de trabalho foram suficientes para o técnico Silas esboçar o novo time do Avaí. E, para a surpresa geral, a equipe testada pelo treinador é muito parecida a que vinha sendo escalada pelo seu antecessor, Vagner Benazzi.

- Os jogadores já estão com um condicionamento muito bom, isso ajuda bastante. E alguns estão pintando com um futebol muito bonito, caso do Maurício (atacante), o próprio Estrada (colombiano), o George Lucas (lateral-direito), que também é um grande jogador, o Gustavo, que está ocupando a posição. A perspectiva é muito grande - declarou o treinador a rádio CBN Diário.

Após comandar o último treinamento antes da estreia, Silas definiu os 11 jogadores que iniciarão a partida como titulares. O Avaí vai a campo com: Zé Carlos; Gustavo, Emerson Nunes, Leonardo e Pará; Bruno, Batista, Estrada e Fabiano; William e Rafael Coelho.

Para voltar de Rondônia com um bom resultado, o Leão terá que passar por um adversário disposto a fazer história na Copa do Brasil. Desconhecido, o Vilhena espera desbancar o favoritismo do visitante e aparecer no cenário esportivo nacional.

- Todo mundo está tranquilo e os jogadores sabem que vão fazer história conseguindo a primeira vitória do VEC na Copa do Brasil - disse Tiago Batizzoco, técnico do Vilhena.    

veja também