MENU

Na reta final, Luxemburgo reforça a carga de motivação no Flamengo

Na reta final, Luxemburgo reforça a carga de motivação no Flamengo

Atualizado: Sexta-feira, 26 Novembro de 2010 as 7:28

O grupo do Flamengo recebeu a chegada de Vanderlei Luxemburgo, no início de outubro, como um choque de motivação. O jeito elétrico e autoconfiante do técnico é oposto ao de seus antecessores e o ajudou a ganhar a empatia dos jogadores. Ainda não foi suficiente para eliminar de vez a ameaça de rebaixamento no Brasileirão, mas Luxa persiste.

Neste domingo, o Rubro-Negro enfrenta o Cruzeiro, pela 37ª rodada, com obrigação de vencer ou pelo menos empatar. O time é o 13º na tabela, com 43 pontos, três à frente do Z-4. Do outro lado, estará um adversário que ainda almeja conquistar o título. Com 63 pontos, a Raposa está em terceiro, dois a menos que o líder Fluminense. O treinador não entra em detalhes sobre os métodos que pretende usar para incentivar os atletas, mas diz que o momento por si só é um estimulante.

- A motivação já é o próprio jogo. Esta para mim é a maior motivação. Você saber que vai jogar uma partida decisiva contra uma grande equipe. Está dentro de cada um de nós. Você também vai encaminhando algumas coisas, pinçando o que sai na imprensa. Várias coisas – disse.

Contra o Guarani, por exemplo, sábado passado, o técnico exibiu ao grupo um vídeo com depoimentos de ex-atletas do Flamengo, que definiam a importância do clube nas suas vidas. Entre os ídolos, Zico, Romário, Bebeto, Oscar, ex-jogador de basquete, Leila e Virna, do vôlei, além da presidente Patricia Amorim, ex-nadadora do clube. Deu certo. Com apoio de quase 40 mil pessoas, o Rubro-Negro derrotou o Bugre por 2 a 1 e respirou um pouco mais aliviado. - Isso faz parte. O pessoal às vezes fala como se a motivação não tivesse de entrar no futebol. Tem de entrar. As empresas hoje fazem palestras motivacionais para grupos de trabalho, para vendedores. Faz parte do trabalho. Achei importante naquele momento, antes de um jogo decisivo, mostrar os ídolos do clube falando sobre a importância dele. Eles estavam jogando uma partida de muita importância para a vida do clube. Passei aquilo para os jogadores pensarem: “Espera aí! O Zico está falando isso, o Oscar está falando aquilo”. Estamos numa situação que precisamos estar comprometidos. Faz parte do jogo, do processo. Nós criamos algumas coisas para conseguirmos algo interessante – comentou.

A delegação rubro-negra viajou na noite desta quinta-feira para Volta Redonda. Na sexta e no sábado, às 17h, haverá treino no estádio Raulino de Oliveira, local da partida contra os mineiros. O confronto ocorrerá no mesmo horário, no domingo.  

veja também