MENU

Na revanche, Edgar bate BJ Penn pela 2ª vez

Na revanche, Edgar bate BJ Penn pela 2ª vez

Atualizado: Domingo, 29 Agosto de 2010 as 10

Em uma luta que serviu como revanche da disputa pelo cinturão dos pesos leves, o atual campeão Frank Edgar acabou com o mito de BJ Penn ao vencer o rival por pontos na madrugada deste domingo em Boston, pelo UFC 118.

Edgar manteve o título e calou BJ Penn, que tentou minimizar a sua derrota para o atual campeão no último mês de abril, quando perdeu o cinturão dos leves. Na ocasião, Penn declarou que estava “muito gripado”, o que levou Dana White a promover um novo duelo.

Desta vez, Penn não teve como contestar a vitória de Edgar por 50-45 nos três rounds. “Frankie fez uma grande luta, ele é o cara. Respeito muito”, declarou o ex-campeão após ser superado pela segunda vez seguida.

Aos 31 anos, BJ Penn declarou que precisava dessa luta “para provar quem é o melhor lutador do mundo”. Mas não conseguiu. Após a nova vitória, Frank Edgar elogiou o rival: “Quero agradecê-lo, ele realmente tirou o melhor de mim”.

UFC ANUNCIA EXPANSÃO A organização anunciou durante a edição 118 em Boston que contratou o chinês Tiequan Zhang como parte dos planos de estabelecer sua popularidade na região mais populosa do mundo. Leia mais

Também no card principal do evento, o brasileiro Demian Maia voltou ao octagon pela primeira vez após a polêmica derrota para Anderson Silva em abril. Desta vez, ele precisou de três rounds para derrotar o compatriota Mario Miranda entre os médios.

Depois de ser retirado da luta final do UFC Fight Night 22 por conta de uma lesão do rival, Demian levou a melhor nos pontos e, por decisão unânime, conseguiu a sua 13ª vitória e impôs a Miranda a segunda derrota da carreira, em 14 lutas no UFC.

Pugilista perde em estreia Outro destaque da noite foi o combate entre a estrela do boxe James Toney e o astro do MMA Randy Couture, que levou a melhor com uma submissão logo no primeiro round. Na estreia do pugilista no UFC, falou mais alto a experiência no octagon.

Foi a primeira luta envolvendo um lutador de boxe no UFC. Toney, de 42 anos, já foi campeão em três categorias diferentes, e agora tenta a sorte no MMA. Mas, diante de Couture, as provocações pré-evento não fizeram efeito.

“Treinei por mais de um ano para fazer esse triângulo”, declarou Couture após a vitória, elogiando a atitude de Toney: “Temos que dar os créditos ao James”. Três vezes campeão mundial dos pesos pesados do UFC, Couture somou a sua 19ª vitória no evento.

Em outro duelo dos pesos leves, Gray Maynard manteve a invencibilidade ao vencer Kenny Florian por decisão unânime. O combate pode ter decidido uma vaga na disputa do cinturão da categoria contra Frank Edgar, como já havia indicado o presidente do UFC, Dana White.

veja também