MENU

Na revanche, Shogun nocauteia Griffin no 1º round; Assista

Na revanche, Shogun nocauteia Griffin no 1º round; Assista

Atualizado: Domingo, 28 Agosto de 2011 as 10:43

Ex-campeão dos meio-pesados, Maurício Shogun demorou menos de um round para mostrar que ainda tem chances de brigar pelo cinturão, após ser derrotado por Jon Jones no UFC 128. O curitibano conseguiu se vingar da derrota para Forrest Griffin, há quatro anos, com um nocaute no primeiro assalto no Rio de Janeiro. Em um duelo de dois ex-campeões, Shogun precisou de pouco mais de dois minutos para conseguir derrubar Griffin e, com “marteladas” na cabeça do norte-americano, forçou o encerramento do combate rapidamente. "Obrigado Brasil, eu faço aqui só para o meu país. Treinei muito duro durante três meses, três vezes por dia para fazer essa grande luta", disse Shogun, que também homenageou sua filha após o triunfo.

Apesar de um golpe de raspão ter feito seu nariz sangrar ainda no primeiro minuto de luta, Shogun mostrou velocidade logo nas primeiras tentativas de golpear Griffin na trocação. Se contra Jones sua forma física não parecia tão boa, desta vez a agilidade em ir para cima de Griffin quando o rival caiu no chão definiu o resultado.

O primeiro encontro entre Maurício Shogun e Forrest Griffin aconteceu justamente na estreia do brasileiro no UFC, vindo de uma carreira de sucesso no Pride. No combate de 2007, pelo UFC 76, o curitibano mostrou cansaço nos rounds finais e acabou sendo finalizado com um mata-leão por Griffin, que em sua luta seguinte conquistou o cinturão dos pesos-pesados.

Depois disso, Shogun cresceu no evento e, com sua vitória sobre Lyoto Machida em 2010, faturou o título da categoria, considerada a mais disputada atualmente. Na primeira defesa, no entanto, foi nocauteado em março por Jon Jones, revelação dos EUA e atual campeão.

Resultados:

Anderson Silva (BRA) vence Yushin Okami (JAP), por nocaute no 2º round

Maurício Shogun (BRA) vence Forrest Griffin (EUA), por nocaute no 1º round

Edson Barboza (BRA) vence Ross Pearson (ING), por pontos

Rodrigo Minotauro (BRA) vence Brendan Schaub (EUA), por nocaute no 1º round

Stanislav Nedkov (BUL) vence Luiz “Banha” Cane (BRA), por nocaute no 1º round

Thiago Tavares (BRA) vence Spencer Fisher (EUA), por nocaute técnico no 2º round

Rousimar ‘Toquinho’ Palhares (BRA) vence Dan Miller (EUA), por pontos

Paulo Thiago (BRA) vence David Mitchell (EUA), por pontos

Raphael Assunção (BRA) vence Johnny Eduardo (BRA), por pontos

Erick Silva (BRA) vence Luis Beição Ramos (BRA), por nocaute no 1º round

Iuri Marajó (BRA) vence Felipe Sertanejo (BRA), por pontos

Yves Jabouin (CAN) vence Ian Loveland (EUA), por pontos

veja também