MENU

Na trilha do xerife: Alex Silva quer repetir sucesso de Fábio Luciano

Na trilha do xerife: Alex Silva quer repetir sucesso de Fábio Luciano

Atualizado: Quarta-feira, 20 Julho de 2011 as 1:08

Torcedora tieta Fábio Luciano no Engenhão

(Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

“Não tem dinheiro no mundo que pague vestir essa camisa”. A declaração de amor ao Flamengo foi feita em 4 de maio de 2009. Então com 34 anos, Fábio Luciano anunciava a aposentadoria. Um adeus emocionado, agendado e bem planejado. Em menos de dois anos na Gávea, Fábio conquistou duas vezes o Campeonato Carioca e participou da reação do Brasileiro de 2007, que tirou o Flamengo da zona de rebaixamento e o levou à Libertadores da América. O capitão saía de cena como o símbolo de uma geração e exemplo de liderança.

Nesta terça-feira, Alex Silva, reforço para a zaga rubro-negra, citou Fábio Luciano na entrevista coletiva de apresentação. O ex-são-paulino quer ser ídolo, quer o nome gravado na trajetória do clube.

- Quero seguir os passos dele, fazer a mesma história aqui. É um amigo. Tenho contrato longo (três anos).

Fábio Luciano e Alex percorreram caminhos com algumas semelhanças. Ambos começaram a carreira na Ponte Preta e fizeram sucesso em grandes clubes da capital paulista. Fábio no Corinthians, onde conquistou o Mundial de Clubes de 2000, a Copa do Brasil e o Rio-São Paulo de 2002 e o Paulistão de 2003. No São Paulo, Pirulito ganhou o Brasileiro em 2006 e 2007. Antes de chegar ao Flamengo, o ex-capitão jogara na Turquia e na Alemanha, enquanto Alex teve experiências na França e na Alemanha.

Pelo Twitter, Fábio Luciano, que agora é empresário, desejou sorte ao sucessor.

- Que o amigo Alex Silva tenha muito sucesso no Flamengo..Um grande jogador vestindo a camisa de um grande clube! – postou.

Alex, de 26 anos, chega para ser titular de Vanderlei Luxemburgo e deve ter condições de jogo contra o Cruzeiro, no dia 3 de agosto, em Sete Lagoas-MG, ou no dia 6, contra o Coritiba, no Engenhão. Ele não joga desde maio, quando deixou o Tricolor Paulista após se desentender com alguns dirigentes.

- Houve uma promessa que não foi cumprida. O meu objetivo não era voltar para a Alemanha. As partes se entenderam e fui liberado pelo São Paulo. Fui feliz lá e quero fazer a mesma história aqui. O que me atrapalhou no Hamburgo foi que joguei fora da posição, de volante, e acabei perdendo espaço.

Alex Silva em seu primeiro treino no Fla: estreia no início de agosto (Foto: Maurício Val/VIPCOMM)          

veja também