MENU

Na Venezuela, Timão inicia décima tentativa de vencer a Libertadores

Corinthians estreia hoje na Libertadores contra o Táchira

Atualizado: Quarta-feira, 15 Fevereiro de 2012 as 2:14

O sonho corintiano de vestir a América de preto e branco está vivo novamente. A partir desta quarta-feira, contra o Deportivo Táchira-VEN, às 22h (de Brasília), no estádio Pueblo Nuevo, em San Cristóbal, o Timão volta a conviver com a histórica obsessão de vencer pela primeira vez a Taça Libertadores. Em meio a toda exigência da torcida, o Timão, campeão brasileiro, inicia a batalha como um dos favoritos.

Mais do que o título nacional, o Corinthians entra na Libertadores em alta por ter mantido seus principais jogadores na virada do ano, como os volantes Ralf e Paulinho. De quebra, o clube trouxe de última hora o maestro Douglas, decisivo em 2008 e 2009, e conseguiu fazer Adriano perder peso na reta final para as inscrições, ganhando mais duas opções de alto nível.

O primeiro adversário é encarado com respeito pelos paulistas. Atual campeão venezuelano, o Táchira não vem empolgando a torcida com a instável campanha no campeonato local – é apenas o sexto colocado. Entretanto, se apega ao passado para frear o Timão. No ano passado, segurou o campeão Santos em casa. Cruz Azul-MEX e Nacional-PAR são os outros dois clubes do Grupo 6 que brigarão por uma das duas vagas nas oitavas de final.

O colombiano Wilmar Roldán apita a partida. Ele será auxiliado pelos também colombianos Humberto Clavijo e Wilmar Navarro. A Rede Globo transmite a partida para o estado de São Paulo.

AS ESCALAÇÕES

Deportivo Táchira: a vitória por 1 a 0 sobre o Tucanes, pelo Campeonato Venezuelano, animou o técnico Jaime de la Pava. Ele não confirma a escalação, mas não deve fazer alterações para enfrentar o Timão. Os aurinegros devem atuar com: Rivas, Chacón, Rouga, Ángel e Badillo; Villafraz, Casanova, Chourio e García; Zapata e Herrera.

Corinthians: Jorge Henrique é a grande novidade do Corinthians. O atacante, destaque no clássico contra o São Paulo, ganhou a vaga de Alex e foi confirmado por Tite como titular. Os atacantes Emerson e Liedson, poupados no final de semana, estão escalados nas vagas de Willian e Elton, respectivamente. A escalação é a seguinte: Julio Cesar, Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Emerson, Liedson e Jorge Henrique.

QUEM ESTÁ FORA

Deportivo Táchira: Fernandéz, Arias, Yéguez e Cásseres estão machucados.

Corinthians: o meia Ramírez está suspenso pela expulsão contra o Tolima, na Colômbia, na fase prévia da Libertadores 2011. Já o zagueiro Paulo André se recupera de uma artroscopia no joelho direito, enquanto o atacante Adriano permaneceu em São Paulo para dar continuidade ao processo de melhora do condicionamento físico. O meia Douglas, por sua vez, viajou com a delegação para a Venezuela, mas também não joga por problemas físicos.

FIQUE DE OLHO

Deportivo Táchira: a defesa corintiana precisa de muita atenção com o centroavante Sergio Herrera, grande aposta do clube para a competição. O jogador colombiano, de 30 anos, tem status de estrela em San Cristóbal. Dono do maior salário do clube e autor de quatro gols no Campeonato Venezuelano, ele é a referência da equipe, principalmente nas jogadas pelo alto.

Corinthians: campeão da Libertadores em 2005 pelo São Paulo, Danilo é um dos jogadores mais experientes do grupo em disputas deste torneio. Além disso, chega à Venezuela muito valorizado depois da grande atuação e do gol marcado na vitória sobre ex-clube, no último domingo, pelo Paulistão.

O QUE ELES DISSERAM:

Gerzon Chacón, lateral-direito do Deportivo Táchira: “Vimos o Corinthians jogar contra o São Paulo, temos informações importantes. É um time com jogadores de qualidade, que gosta de jogar nas costas dos laterais e mantém muito a posse de bola. Precisamos de atenção nas partes coletiva e individual”.

Alessandro, lateral-direito do Corinthians: “A motivação é muito alta. Nós estamos vindo de uma vitória no clássico, que nos dá uma grande confiança para iniciar uma nova competição. Pela expectativa que envolve o Corinthians, sabemos o quanto é importante fazer uma boa estreia”.

NÚMEROS E CURIOSIDADES

* Estrear na Libertadores é sempre uma tarefa complicada. Nas nove participações anteriores, o Corinthians estreou com vitória apenas em quatro oportunidades: derrotando o Botafogo em 1996 (3 a 0 no Pacaembu), o Cruz Azul do México em 2003 (1 a 0 no Pacaembu), o Deportivo Cali em 2006 (1 a 0 na Colômbia) e o Racing-URU em 2010 (2 a 1 no Pacaembu).

* Em 1977 e 1991, o Corinthians estreou na Libertadores empatando com Internacional e Flamengo, ambos por 1 a 1. No ano passado, não saiu do zero com o Tolima-COL. Já em 1999 e 2000, o Timão estreou com derrotas, perdendo para o Palmeiras (0 a 1) e para o América do México (0 a 2), respectivamente.

* Corinthians e Deportivo Táchira se enfrentam pela primeira vez na história da Libertadores. O Timão disputa a competição continental pela décima vez. É a primeira vez que atua em três anos consecutivos.

* O Táchira participa este ano pela 18ª vez da Taça Libertadores da América. Em 2004, realizou sua melhor campanha na história da competição, quando alcançou às quartas de final, sendo eliminado pelo São Paulo. Ano passado, o Táchira não passou da fase de grupos, somando apenas dois pontos em seis jogos.

veja também