MENU

Na volta pra casa, Neymar passa mal em voo e sai sem dar entrevistas

Na volta pra casa, Neymar passa mal em voo e sai sem dar entrevistas

Atualizado: Quinta-feira, 16 Junho de 2011 as 3:36

Depois de empatar por 0 a 0 com o Peñarol, em Montevidéu, na primeira partida da final da Libertadores, o Santos desembarcou no início da tarde desta quinta-feira no Aeroporto Internacional de Guarulhos. E no retorno do Uruguai, o meia Elano valorizou o resultado e pediu a força da torcida na próxima quarta, no Pacaembu.

- É importante decidir em São Paulo, na nossa casa, ao lado do nosso torcedor. A torcida tem de comparecer, empurrar e fazer a pressão. Pelas condições do primeiro jogo, o resultado até que foi bom para nós – declarou Elano, que teve sua entrevista interrompida pela chegada de Neymar ao saguão.

Neymar saiu escoltado no desembarque do Santos em Cumbica (Foto: Ag. Estado)

  Só que o craque do Peixe não deu nenhuma declaração. Cercado de seguranças e com a cabeça baixa, o atacante foi escoltado até a van que o esperava para ir embora. Nem a imprensa, nem os fãs tiveram como chegar perto da principal estrela do atual elenco alvinegro. Segundo a assessoria de imprensa, Neymar pediu para não dar entrevistas porque se sentiu mal no voo - uma ligeira indisposição.     A movimentação de torcedores na chegada do Peixe, aliás, foi tranquila. Houve um alvoroço na passagem de Neymar porque muitos curiosos se aglomeraram na saída do desembarque. Mas com os outros jogadores e com a comissão técnica nenhum tumulto ocorreu.

O grande jogo decisivo contra os uruguaios do Peñarol será na próxima quarta-feira, no estádio do Pacaembu. Como na final não há mais o regulamento que dá mais valor ao gol fora de casa, novo empate, por qualquer número de gols, leva a decisão para prorrogação e penalidades máximas.

- Não podemos vacilar. Vamos jogar dentro de casa, mas nós temos muitos exemplos, como o do São Caetano em 2001 – lembrou Elano, citando a final da Libertadores em que o Azulão perdeu do Olimpia, do Paraguai, no Pacaembu.

Torcedores mirins no desembarque santista em Cumbica (Foto: Leandro Canônico / Globoesporte.com)    

veja também