MENU

Nadal leva 23 aces, mas supera 'gigante' e vai à semi na Califórnia

Nadal leva 23 aces, mas supera 'gigante' e vai à semi na Califórnia

Atualizado: Sexta-feira, 18 Março de 2011 as 9:48

Ivo Karlovic, 2,08m de altura e dono do saque mais rápido da história, fez o possível. Disparou 23 aces, subiu à rede o tempo todo e pressionou Rafael Nadal até o limite. O número 1 do mundo, contudo, manteve o equilíbrio e triunfou em um dramático tie-break. No fim, o espanhol venceu por 5/7, 6/1 e 7/6(7) e passou às semifinais do Masters 1.000 de Indian Wells.

Nadal agora encontrará Juan Martín Del Potro, que avançou também nesta quinta-feira, mas sem tanto drama. Por causa de uma lesão na coxa esquerda, seu adversário, o espanhol Tommy Robredo, não teve condições de jogo e cedeu a vitória por WO.

O número 1 do mundo busca seu terceiro título no importante torneio californiano. Nas últimas cinco temporadas. Nadal foi eliminado nas semifinais em anos pares (2006, 2008 e 2010) e levantou o troféu nos anos ímpares (2007 e 2009).

Uma quebra decide o primeiro set

Karlovic e Nadal começaram o jogo sacando bem e confirmando seus serviços sem dificuldades. Enquanto o croata distribuía pancadas e aces, o espanhol dominava as trocas de bola. A primeira ameaça só veio no décimo game, quando Nadal conseguiu 30/30 no saque do adversário. Karlovic, no entanto, se salvou bem.

Na sequência, foi a vez do croata de soltar o braço. Arriscando golpes difíceis - e acertando -, Karlovic encaixou uma séria de belos pontos e finalmente conseguiu a quebra. O "gigante" ainda bobeou na hora de fechar o set, permitindo que Nadal conseguisse sua primeira chance de quebra da partida, mas se salvou com um ace e, dois pontos depois, completou o 7/5.

O segundo set foi bem diferente. O número 1 do mundo começou devolvendo bem o saque de Karlovic e conquistando break points. O croata se salvou de três deles, mas no quarto, em uma subida à rede, jogou uma direita para fora. A quebra mudou o jogo. Nadal, empolgado, disparou na frente e abriu 3/0.

O "gigante", por sua vez, parecia desanimado. Karlovic perdeu o game de saque também no quarto game - sem marcar um ponto sequer - e deixou que o espanhol abrisse 5/0. O croata ainda salvou dois set points e evitou o pneu no sexto game, mas Nadal não vacilou e, sem perder um ponto, fechou o segundo set em 6/1 pouco depois.

Na parcial decisiva, Karlovic voltou a jogar como antes, e o espanhol manteve o ritmo em seus games de serviço. O resultado foi um set sem break points, que acabou em um dramático tie-break. Enquanto Nadal tinha dificuldade em encaixar o primeiro serviço (só acertou um no game), Karlovic não conseguiu apenas um ace.

  Match points salvos junto à rede

O número 1 teve a primeira chance real quando sacou em 5/4, mas não conseguiu confirmar os dois serviços e selar a fatura. O primeiro match point veio depois de um slice ruim do croata, que evitou a derrota com um voleio - a bola tocou na fita antes de cair do lado do espanhol.

O "gigante" ainda salvou outro match point com nova subida à rede. Nadal teve a chance de executar a passada, mas errou feio. Na terceira chance, enfim o espanhol aproveitou. Depois de devolver bem o saque de Karlovic, Nadal manteve a bola em jogo e esperou um erro do adversário - que veio. O croata tentou mais uma subida à rede, mas seu golpe de aproximação foi parar muito longe da quadra. Game, set, match, Rafael Nadal.    

veja também