MENU

"Não sou bom treinador, mas sim observador", afirma Carpegiani

"Não sou bom treinador, mas sim observador", afirma Carpegiani

Atualizado: Segunda-feira, 18 Outubro de 2010 as 3:03

O elenco do São Paulo está nas mãos de Paulo César Carpegiani. O grupo entendeu a filosofia do técnico e vem correspondendo em campo, mas o treinador se esquiva dos elogios pela arrancada do time do Morumbi e até afirma que é melhor observador do que treinador.

- Eu fui atleta, estive do outro lado sentado ouvindo o que os treinadores falavam. A vitória contra o Santos foi totalmente dos atletas, que foram brilhantes. Em termos de liderança, você não bota goela abaixo deles. As coisas são conquistadas. Não sou bom treinador, mas sim observador. Sou metido a disciplinador, mas com coerência. Quero diálogo com eles, este é meu cotidiano. Só tenho o poder de escalar.

Carpegiani assumiu o São Paulo depois de um período inconstante do interino Sérgio Baresi. Em sua curta trajetória no Tricolor, o novo técnico conquistou três triunfos: sobre Vitória, Grêmio Prudente e Santos.

Apesar da arrancada, que mantém o sonho da torcida pela busca na vaga na Libertadores, Carpegiani alerta que ainda tem muita coisa para acertar no São Paulo. A vitória por 4 a 3 no clássico contra o Santos deixou o treinador em alerta, já que não gostou de ver seu time sofrer três gols.

- Temos que ter equilíbrio, levamos gols em algumas desatenções. Não podemos tirar os méritos do Santos, que tem uma equipe qualificada, mas não gosto de 4 a 3. O bom é ganhar por 4 a 1, 4 a 0... Tenho preocupação com isso, porque gosto de equipe equilibrada, firme atrás.

 

veja também