MENU

Natação: Thiago Pereira vence 200m medley e termina com seis ouros no Troféu Maria Lenk

Natação: Thiago Pereira vence 200m medley e termina com seis ouros no Troféu Maria Lenk

Atualizado: Terça-feira, 13 Maio de 2008 as 12

Natação: Thiago Pereira vence 200m medley e termina com seis ouros no Troféu Maria Lenk

 

Ele completou a prova em1min59s10, mais uma vez abaixo do índice olímpico

Thiago Pereira terminou a disputa do Troféu Maria Lenk, válido pelo Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação, no Rio de Janeiro, com seis medalhas de ouro. A última vitória foi nos 200 metros medley, prova em que é recordista sul-americano. Ele completou a distância em 1min59s10, nadando mais uma vez abaixo dos 2min01s40, índice olímpico exigido pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) para os Jogos de Pequim.

"Acho que tive uma boa participação no evento. Os tempos não foram os melhores, mas falta muita coisa pela frente até a Olimpíada. Agora, vamos partir para os torneios internacionais e fazer a melhor preparação possível", comentou Thiago, que deixou o Parque Maria Lenk ao lado da mãe Rose Vilela.

Feliz, Rose curtiu a companhia do filho nos últimos dias. "Ele vive em Belo Horizonte e agora vai para a Europa competir. O Thiago é um filho maravilhoso, que já meu muitos presentes nestes 22 anos de vida."

Embora tenha obtido índice olímpico em seis provas individuais, Thiago resolveu, em conversa com o técnico Fernando Vanzella, do Minas Tênis Clube, que vai disputar os 200 e os 400m medley e o revezamento 4x200m livre em Pequim. O nadador conseguiu as marcas exigidas pela CBDA nos 200m livre, 100m e 200m costas e 200m peito, além dos 200m e 400m medley.

Thiago viaja no dia 18 de maio para a Espanha, onde fará um treinamento em altitude, e depois disputará alguns torneios para pegar mais ritmo de competição. "Este foi o primeiro campeonato em que Thiago participou polido e raspado. Acho que o desempenho geral foi muito bom. Ele chegou perto de seus melhores tempos, mesmo sem o ritmo ideal", comentou Vanzella. "Ele está bastante focado e isso é o mais importante."

No Troféu Maria Lenk, o nadador patrocinado pelo Bradesco, Correios, Speedo e Minas Tênis Clube já havia conquistado medalha de ouro nos 200m peito, na quarta-feira; nos 400m medley, na quinta; nos 400m livre, prova que não é sua especialidade, e no revezamento 4x200m livre, na sexta, e nos 4x100m medley, no sábado.

Nos 200 metros medley, Thiago liderou a prova desde o início, vencendo sem nenhuma dificuldade. André Schultz, do Pinheiros, ficou em segundo lugar, com 2min02s77, seguido de Diogo Yabe, de São José dos Campos, com 2min03s81.

A competição reuniu 47 clubes e 434 atletas e foi a última seletiva olímpica do país, quando atletas brasileiros tiveram a chance final de conseguir os índices olímpicos exigidos pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) para participar da Olimpíada de Pequim, em agosto.

O Troféu Maria Lenk foi a terceira competição oficial de Thiago Pereira na temporada. Na estréia, em fevereiro, no Grand Prix Missouri, ele foi ouro nos 200m medley (2min00s24) e prata nos 400m medley (4min18s49), atrás apenas de Michael Phelps. Depois disputou o Sul-Americano de Natação, no Pinheiros.

Thiago teve no ano passado a melhor temporada da carreira, com 48 medalhas, sendo 34 de ouro. Foi eleito o melhor nadador do mundo na votação popular do site da revista Swimming World, uma das mais respeitadas da modalidade, e se tornou o primeiro nadador a vencer o Prêmio Brasil Olímpico do COB.

veja também