MENU

NBA aumenta teto salarial e anima os clubes em época de mercado agitado

NBA aumenta teto salarial e anima os clubes em época de mercado agitado

Atualizado: Quinta-feira, 8 Julho de 2010 as 2:14

A direção da NBA fez a alegria das equipes da liga. O teto salarial para a próxima temporada passa a ser de US$ 58 milhões (cerca de R$ 102 milhões), US$ 2 milhões a mais do que o valor que havia sido anunciado anteriormente. Em época de mercado agitado, a decisão faz com que os times possam oferecer mais dinheiro para os jogadores disponíveis, como LeBron James.

O número exato, divulgado nesta quarta-feira, é de US$ 58.044.000, superior aos US$ 57,7 milhões da temporada de 2009-10.

LeBron é o principal alvo do mercado. Além do Miami Heat, New York Knicks, New Jersey Nets e Chicago Bulls tentam seduzir o jogador. O Heat já confirmou a permanência do ala-armador Dwyane Wade e a chegada do ala Chris Bosh, que deixa o Toronto Raptors.

Os Bulls já garantiram um reforço, o ala Carlos Boozer, ex-jogador do Utah Jazz, que assinou por cinco temporadas e vai receber um valor entre US$ 75 milhões e US$ 80 milhões. LeBron deve anunciar o seu destino nesta quinta-feira.

O teto salarial entra em vigor a partir do primeiro minuto da madrugada de quinta-feira, para concluir a moratória que impedia as equipes de fecharem os contratos estipulados com os agentes livres.

veja também