MENU

Ney Franco desanima interesse do Santos: 'Tendência é seguir na CBF'

Ney Franco desanima interesse do Santos: 'Tendência é seguir na CBF'

Atualizado: Segunda-feira, 28 Fevereiro de 2011 as 2:28

Com a negativa de Abel Braga, que preferiu cumprir contrato com o Al Jazira, dos Emirados Árabes, o Santos voltou a carga para contratar o técnico Ney Franco, campeão sul-americano sub-20 pela Seleção Brasileira, no início de fevereiro. Porém, após contato do GLOBOESPORTE.COM, o treinador, que ajudou o time canarinho a garantir vaga nas Olimpíadas de 2012, em Londres, revelou que a tendência é permanecer no cargo de coordenador das categorias de base da CBF até 2016. Segundo ele, o acerto com a entidade é verbal e para ser exclusivo.

O treinador, que não foi contatado pelo Santos, até admitiu ouvir a proposta da diretoria do Santos, mas admitiu que dificilmente deixará de cumprir o acordo com a CBF para comandar um clube da Série A do futebol brasileiro.

- Na realidade, não posso deixar de conversar com um clube grande, da Série A. Mas a tendência é escutar (proposta do Santos) e seguir o projeto aqui na CBF. A minha ideia é de continuar dentro da CBF. Só poderia mudar o panorama se pudesse trabalhar nos dois, mas isso já foi conversado antes da minha contratação e acertado que eu seria exclusivo - afirmou.     Na conversa, Ney Franco afirmou que fez a opção por um projeto de vida, já que o seu "vínculo" vai até as Olimpíadas de 2016, no Brasil. Ele até acumularia os cargos de treinador e de coordenador das categorias de base da CBF se a entidade o liberasse. Porém, não fará força, já que o acordo inicial é de ser exclusivo.

- Não tenho contrato assinado com a CBF, mas sim um acordo verbal. Quando fui contratado, eu cumpri o contrato com o Coritiba porque o projeto de levar à equipe a Série A já estava andamento. Em seguida, eu me desliguei do clube e me tornei exclusivo - explicou.

Na opinião de Ney Franco, o atacante Neymar, que atuava mais centralizado com Adilson Batista, demitido pelo Santos no último domingo, deve atuar como um ponta, assimo como fazia no Peixe nos tempos de Dorival Júnior. Porém, o coordenador das categorias de base da CBF fez uma ressalva para o garoto ter um bom rendimento dentro de campo.

- Acho que o melhor posicionamento do Neymar é o mesmo que ele começou no Santos no ano passado, atuando como um ponta, pelo lado esquerdo do campo. Mas ele precisa de uma referência para jogar ao lado dele - analisou Ney Franco.    

veja também