MENU

Ney Franco elogia força do seu grupo e entrosamento com Mano Menezes

Ney Franco elogia força do seu grupo e entrosamento com Mano Menezes

Atualizado: Terça-feira, 1 Fevereiro de 2011 as 4:35

O técnico da Seleção Brasileira sub-20, Ney Franco, ficou muito muito satisfeito com a vitória da sua equipe sobre o Chile, por 4 a 2, na segunda-feira, pelo Sul-americano da categoria. O comandante brasileiro destacou a qualidade do seu grupo e a determinação com que os jogadores estão encarando o desafio de classificar o Brasil para as Olimpíadas de Londres, no ano que vem. Em entrevista ao programa "Arena Sportv", nesta terça-feira, o treinador falou também sobre o seu trabalho na CBF e o relacionamento com o técnico da Seleção principal, Mano Menezes.

SUL-AMERICANO SUB-20 - BRASIL 5 X 1 CHILE

"A gente não pode deixar de ressaltar que o Chile tem uma escola interessante, muito ofensiva. A forma como a gente entrou jogando teve de ser ajustada durante o jogo. O intervalo foi determinante. Tivemos que mudar o posicionamento de alguns jogadores. E, com isso, a gente criou alternativas ofensivas. Foi determinante este ajuste técnico da equipe".           CONCENTRAÇÃO

"Hoje em dia os atletas são bem informados. Sempre estão na internet querendo saber o que está acontecendo. Então eles podem ter visto alguma declaração da equipe do Chile. Mas acho que a gente não pode ser influenciado por nada. Mas se isso mexeu com a nossa equipe foi positivo. Foi um jogo em que a nossa equipe sofreu com a marcação do Chile. A gente tem que se posicionar nesta competição".

TRABALHO NA SELEÇÃO

"Quando se trabalha numa Seleção Brasileira você pode montar até duas ou três seleções. Acho que Brasil e Argentina são os que mais cedem jogadores no futebol mundial. Então, temos que saber fazer a escalação. A equipe está evoluindo. Temos os melhores números na competição. Esperamos que nestes quatro jogos, a gente possa ter competência de classificar para os jogos de Londres, e se possível com o título, que seria muito importante. Além do talento do jogador brasileiro, temos uma geração, que está aqui, muito talentosa. A gente está jogando de igual para igual. O Brasil está conseguindo se readaptar e acho que a gente chega à Copa de 2014 muito forte".

RELAÇÃO COM MANO MENEZES

"Acho que o Mano é o grande padrinho desse trabalho realizado na base. É dessa forma que tem que ser, o treinador principal acompanhando a Seleção sub-20. A gente aproveita para que haja essa troca de informações. Ele estando presente vê na prática. Foi legal o Mano estar presente, pena que não deu para ficar mais tempo. Conversamos sobre tudo. Além de Seleção, conversamos sobre Campeonato Paulista, Carioca, Gaúcho... Procuro também passar todas as informações para o Mano. Não posso desprezar a presença do Mano. Ele viu alguns jogos. É interessante a gente ter a opinião de alguém que está de fora.

Meu projeto em relação à conquista de uma medalha inédita nas Olimpíadas é conseguir a classificação. O projeto da construção da Seleção sub-23 vai ser conduzido pelo Mano".        

veja também