MENU

Neymar declara amor ao Santos e diz: 'Sei que estou fazendo história'

Neymar declara amor ao Santos e diz: 'Sei que estou fazendo história'

Atualizado: Sexta-feira, 11 Novembro de 2011 as 10:34

Neymar: aparência de menino e futebol de gente

grande (Foto: Adilson Barros/Globoesporte.com) Ao recusar propostas de dois dos maiores times do mundo, os espanhóis Barcelona e Real Madrid, um ano depois de ter dito “não” ao inglês Chelsea, Neymar deu um drible desconcertante no mercado, nas pessoas que davam como certa a sua saída imediata e em clubes que não estão acostumados a serem esnobados. E o atacante sabe da importância de ter firmado um acordo com o Santos, comprometendo-se a seguir na Vila Belmiro por, pelo menos, mais dois anos e meio, até a Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Do alto de seus 19 anos, Neymar tem consciência de que, ao trocar os milhões de euros da Europa pela permanência no Brasil, está protagonizando um ato histórico. A regra é ver jogadores deixarem o país cada vez mais cedo. Neymar é exceção.

- Tenho a noção, sim, de tudo o que está acontecendo na minha vida, as propostas, o assédio, tudo - disse o craque, em entrevista ao Globoesporte.com. - Sei que estou fazendo história ao ficar aqui no Santos, no Brasil, mas espero fazer muito mais. Não é à toa: eu amo este clube, adoro jogar no Brasil. Como eu sempre disse, tenho o sonho de jogar na Europa. Mas tenho só 19 anos. Não preciso sair agora - emendou.

O craque garante só não ter consciência do montante que ganharia se fosse negociado com o Real Madrid, com quem seus representantes vinham negociando nas últimas semanas - até ser decidido que ele não sairia da Vila. Também se recusa a falar sobre os valores que receberá do Santos para permanecer. Diz que seu pai é quem tomou conta de tudo. Ele garante que prefere nem ficar sabendo.

- Nem sei como foram essas propostas, porque meu pai não deixa chegar até a mim. É tudo peneirado. Mas não importa. Desde o início, sempre disse que queria ficar, que sou feliz aqui no Santos. Isso é o que mais importa. A mim, cabe apenas jogar futebol - explica.

Por falar em história, Neymar já sonha com a conquista da terceira estrela. Após 48 anos desde a conquista do bicampeonato mundial, o Santos volta a pleitear o topo do planeta. Se a teoria se confirmar, no dia 18 de dezembro, no estádio Internacional de Yokohama, Santos e Barcelona se encontram para disputar o título, e o camisa 11 é a figura central do Peixe, em quem os santistas depositam suas maiores esperanças. Mesmo jovem, ele não se sente pressionado.

- É mais uma oportunidade que temos para fazer história. Não só eu, como essa geração atual do Santos. (Conquistar o Mundial) é uma coisa muito difícil, mas nada é impossível. Com esforço, podemos, sim, colocar a terceira estrela no nosso escudo.

Vaidoso, Neymar ajeita o moicano antes de dar entrevista à TV (Foto: Adilson Barros/Globoesporte.com) ‘Ainda tenho muito a conquistar’

Com os gols (97 até agora), títulos e o encantamento que provoca até em torcedores de outros times, o jogador conseguiu a façanha de entrar na lista de 23 atletas que disputarão a Bola de Ouro , prêmio dado pela Fifa ao melhor jogador do mundo na temporada. Façanha porque ele é o único atleta que não atua na Europa a concorrer à honraria. Há até quem diga que Neymar pode ser considerado o maior jogador do Santos depois de Pelé.

O jogador fica lisonjeado quando ouve esse tipo de elogio, mas considera um exagero.

- Acho que ainda tenho muito a conquistar pelo Santos, pelo Brasil. Tenho só 19 anos, minha carreira está começando. Fico muito feliz pelo que venho fazendo. As coisas estão dando certo para mim. Espero continuar fazendo coisas maravilhosas, jogadas, gols. E, claro, conquistando títulos.            

veja também