MENU

Neymar faz 18 anos, ganha 'liberdade', e vê Santos afastar assédio europeu

Neymar faz 18 anos, ganha 'liberdade', e vê Santos afastar assédio europeu

Atualizado: Sexta-feira, 5 Fevereiro de 2010 as 12

A Fifa segue estudando maneiras de coibir jogadores menores de idade de realizarem transferências internacionais. Neymar não precisa mais se preocupar com isso. Ele completa 18 anos nesta sexta-feira e ganha valorização de presente. Sondagens são frequentes e propostas tentadoras já começam a aparecer.

Segundo um dos representantes do atleta, Wagner Ribeiro, o time da Vila rejeitou proposta milionária da Europa no fechamento da janela de transações internacionais (1 de fevereiro). Com 17 anos, o atleta não poderia defender time europeu.

"Com 18 anos o Neymar pode se transferir para qualquer clube do mundo de acordo com a Lei Pelé. Com isso, o interesse de grandes clubes europeus aumenta. O Luiz Alvaro [de Oliveira, presidente do Santos] me disse que recusou uma boa proposta antes do encerramento dessa última janela internacional de transferências. Temos uma próxima no meio do ano, e com certeza vamos receber várias ofertas", disse Ribeiro ao UOL Esporte.

Em um passado recente, jornais estrangeiros noticiaram o interesse de Real Madrid e Barcelona, da Espanha, Juventus e Milan, da Itália, além de Chelsea e Manchester City, da Inglaterra. A joia santista tem contrato com o clube até 2014, e multa rescisória de 30 milhões de euros (cerca de R$ 78 milhões), valor que afasta interessados diante da atual realidade do mercado.

O Santos tem a intenção de segurar Neymar, ao menos, até o centenário do clube, em 2012. O clube detém 60% dos direitos sobre o jogador. O restante pertence ao Grupo Sonda. Mas o que facilita a permanência é o fato de o jovem não demonstrar ter pressa para sair.

Aos 13 anos, Neymar passou por um período de treinamentos no Real Madrid. O clube espanhol chegou a oferecer trabalho ao pai do atacante com a intenção de legalizar a permanência do jogador.

"O Neymar tinha medo de morar fora do país. Agora ele está mais maduro. Garanto que o Florentino Pérez (presidente do Real), que gosta muito dele, ainda vai lutar por sua contratação. Eu não duvido nem que o Real pague os 30 milhões da multa rescisória", comentou Ribeiro.

Neymar sequer completou um ano como profissional do Santos. Ele estreou no dia 7 de março de 2009, na vitória contra o Oeste, por 2 a 1, no Pacaembu. Na temporada passada, o atacante sofreu com a irregularidade, e terminou o ano como reserva por opção de Vanderlei Luxemburgo. Com Dorival Júnior, o jovem foi titular em todas as partidas, e demonstrou uma grande evolução. Ele é o artilheiro do time em 2010, com seis gols.

Por: João Henrique Marques

veja também