MENU

Neymar ou Messi? Pergunta gera 'racha' em reunião da Fifa

Neymar ou Messi? Pergunta gera 'racha' em reunião da Fifa

Atualizado: Quarta-feira, 7 Dezembro de 2011 as 2:45

Quem é melhor: Neymar ou Messi? A pergunta que torcedores brasileiros andam se fazendo também foi tema da reunião do Comitê Organizador do Mundial de Clubes da Fifa nesta quarta-feira em Nagoia, no Japão. Sem acordo para decidir o preferido do grupo, o tema foi abortado para evitar maiores discussões na sala do hotel.

Na entrevista coletiva depois do encontro, o GLOBOESPORTE.COM perguntou aos três representantes presentes quem é o melhor jogador entre Neymar e Messi, na opinião de cada um, como torcedor. Após risos, o americano Chuck Blazer, presidente do comitê, tomou a palavra e preferiu fugir da polêmica.

Neymar ou Messi? Chuck Blazer (direita), à frente da organização do Mundial, preferiu não responder (Thiago Dias / Globoesporte.com) - Essa questão esteve na nossa reunião. Foi a única hora hora que não tivemos um acordo! (risos) Para não ter briga nesta sala, diremos que não temos opinião sobre isso agora (risos) - respondeu.

Risonho e com aparência de Papai Noel, Blazer foi o protagonista da entrevista por usar e abusar de piadas. Amigo de Pelé, o americano afirmou que ainda não sabe se o Rei estará no Japão com o Santos ou não.

- Ele não me ligou para dizer, então não sei. Ele é mais velho que eu e me chama de "papai" (risos). Deve ser por causa do meu cabelo branco. Mas ainda não me disse se vem ou não. Se ele vier, o receberemos de braços abertos. Foi um grande amigo durante sua passagem pelo New York Cosmos - contou.

Ao falar sério, Blazer afirmou que a decisão sobre onde será o Mundial de Clubes em 2013 e 2014 ainda não foi tomada e o assunto só será discutido na reunião do Comitê da Fifa no dia 16, em Tóquio. Até o momento, só Marrocos apresentou candidatura (o Japão continua como sede em 2012).

O dirigente disse que os ingressos para os jogos em Yokohama (semifinal do Barcelona, disputa de terceiro lugar e final) já estão esgotados, mas que ainda há entradas para as cinco partidas em Toyota (playoff, quartas de final, disputa de quinto lugar e semifinal do Santos). O torneio será transmitido para 209 países.

Pela primeira vez, Tóquio não é sede do Mundial organizado no Japão. Segundo Junji Ogura, presidente da federação local e membro do comitê, Toyota foi privilegiada neste ano por comemorar os dez anos de seu estádio.

- Tóquio e Yokohama foram as principais sedes anteriores. Mas estamos comemorando o décimo aniversário do estádio de Toyoya, por isso cinco partidas serão lá. Uma semifinal e a final seguem em Yokohama porque lá é o maior estádio do Japão, teve a final da Copa do Mundo de 2002. Era normal para os campeões sul-americanos e europeus jogarem em Tóquio anteriormente, mas depois de 2002 vimos que Yokohama tem o maior estádio do país e passou a receber os principais jogos - explicou o dirigente.        

veja também