MENU

Neymar tem somente 15 dias para convencer 'eleitores' da Bola de Ouro

Neymar tem somente 15 dias para convencer 'eleitores' da Bola de Ouro

Atualizado: Quinta-feira, 3 Novembro de 2011 as 10:47

Na lista dos 23 melhores mundo em 2011, o atacante Neymar tem apenas 15 dias para brilhar ainda mais e tentar convencer os eleitores de que merece a Bola de Ouro, que coroa o melhor jogador da temporada. A Fifa já mandou às 208 confederações filiadas as cédulas com os nomes dos 23 selecionados. Capitão e técnico de cada seleção, além de alguns jornalistas, têm direito a voto. O órgão confirmou ao Globoesporte.com que a eleição termina no próximo dia 18. A partir daí, os votos começarão a ser tabulados. Ou seja, o que Neymar e Messi, craque do Barcelona e favorito ao prêmio, fizerem no Mundial de Clubes, que será disputado em dezembro, no Japão, não terá peso na votação.

Neymar contará com a ajuda dos companheiros para brilhar (Foto: Ricardo Saibun / Site Oficial do SFC) Até o dia 18, Neymar poderá disputar apenas mais três partidas: contra o Vasco, domingo, na Vila Belmiro, Ceará, dia 13, em Fortaleza, e Atlético-GO, dia 17, no Pacaembu.

O craque do Peixe conta com a ajuda dos companheiros para brilhar nesses três últimos jogos antes do término da eleição. A equipe não tem mais o que fazer no Campeonato Brasileiro (não tem chance de título, já está garantida na Taça Libertadores 2012 e também não corre risco de rebaixamento). Assim, os alvinegros estão mobilizados para jogar por Neymar, único atleta que não atua na Europa a concorrer à Bola de Ouro.

- Esse tem de ser o pensamento de todo mundo aqui no Santos. O Neymar é um jogador extraordinário e merece essa indicação. Nós vamos fazer de tudo para ajudá-lo a seguir jogando tudo isso. Assim, acredito que ele tem chances, sim, de ser eleito - afirma o volante Arouca.

Como funciona a eleição

Cada técnico e capitão das 208 filiadas da Fifa votam em três jogadores, por ordem de preferência, assim como os jornalistas selecionados. A posição do voto tem peso diferente:

Primeiro: 5 pontos

Segundo: 3 pontos

Terceiro: 1 ponto

Ou seja, cada vez que um jogador é mencionado em primeiro lugar, ele recebe cinco pontos. Se aparece em segundo, soma mais três. Em terceiro, um. Os votos de capitães, técnicos e jornalistas têm o mesmo peso. Os representantes das confederações não podem votar em atletas de suas seleções.

Ano passado, Messi bateu os outros 22 concorrentes com 22,65%. Pelo Brasil, votaram Mano Menezes e Robinho. O jogador do Milan ajudou a eleger o craque do Barcelona, escolhendo o argentino em primeiro, Xavi, meia do Barça, em segundo, e o uruguaio Diego Forlán, melhor jogador da Copa 2010, em terceiro. Mano escolheu, pela ordem, Messi, Xavi e o holandês Robben.

Além do desempenho dentro de campo, a Fifa pede que os eleitores levem em conta também o comportamento do concorrente fora das quatro linhas.

Modelo da cédula que foi utilizada na eleição do ano passado (Foto: Divulgação)        

veja também