MENU

Nicholas dos Santos leva medalha de ouro nos 50m livre

Nicholas dos Santos leva medalha de ouro nos 50m livre

Atualizado: Domingo, 22 Novembro de 2009 as 12

O brasileiro Nicholas dos Santos voltou a subir no lugar mais alto do pódio na etapa de Cingapura, a última da Copa do Mundo de natação em piscina curta. Neste domingo (22), ele faturou a medalha de ouro nos 50 metros livre, ao marcar o tempo de 20s75.

Nicholas, que vencera os 50 metros borboleta no sábado (21), deixou para trás neste domingo o recordista da prova, o sul-africano Roland Schoeman. Ele registrou 20s89 e ficou com a prata, seguido do australiano Matthew Abood, com 20s90.  

 Guilherme Guido também repetiu a boa performance do sábado e voltou a brilhar neste domingo. Ele levou o bronze nos 50 metros costas, com o tempo de 23s39, novo recorde sul-americano. O vencedor da prova foi o americano Peter Marshall, que quebrou o recorde mundial, que já era seu, com o tempo de 22s61. A marca anterior era de 22s73. A prata ficou com o russo Stanislav Donets, com 23s34.

 Depois de faturar o bronze nos 50 metros peito, Felipe França repetiu a conquista na prova dos 100 metros do mesmo estilo. Ele registrou 57s11 e só ficou atrás dos sul-africanos Cameron Van Den Burgh (56s25), recordista mundial, e Neil Versfeld (56s74). O brasileiro João Gomes Júnior ficou com o quinto lugar (58s37).

 No feminino, Fabíola Molina também repetiu a colocação do sábado, quando ficou em quarto nos 50 metros costas. Dessa vez, a nadadora marcou o quarto tempo dos 100 metros costas, com 57s85. A australiana Marieke Guehrer levo o ouro, com 56s97.

 Na prova dos 50 metros borboleta, a sueca Therese Alshammar bateu o recorde mundial, ao fazer o tempo de 24s38. A nadadora superou a marca anterior, estabelecida por ela mesma em Estocolmo, no dia 11, quando registrou 24s46.  

Com os resultados deste domingo, o Brasil encerra sua participação na Copa do Mundo, depois de seis etapas, com 27 medalhas (oito de ouro, oito de prata e 11 de bronze) e um recorde mundial, de Kaio Márcio, nos 200 metros borboleta.   fonte: agência estado / r7

veja também