MENU

No ano da volta por cima, Lucimara Silvestre conquista o ouro

No ano da volta por cima, Lucimara Silvestre conquista o ouro

Atualizado: Quinta-feira, 27 Outubro de 2011 as 8:40

Os dois anos que fizeram Lucimara Silvestre acompanhar o atletismo apenas como uma espectadora parecem ter aumentado o seu apetite. Na temporada que marcou seu retorno após dois anos cumprindo suspensão por doping, a brasileira não se deu por satisfeita ao ganhar o heptatlo no Troféu Brasil. Nesta quarta-feira, ela repetiu a dose com o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. E ainda vai se dar ao luxo de comemorar com o “namoradinho” campeão olímpico Félix Sánchez, que compete nos 400m com barreiras.

- Eu estou muito feliz por tudo. Foi, sem dúvida, uma superação para mim. Eu competi todas as provas com dores na parte posterior da coxa direita. Agora, pretendo tratar essa pequena lesão para tentar fazer o indície olímpico no Estadual paulista - declarou Lucimara.

Com o ouro garantido após os 800m rasos, Lucimara Silvestre desfila com a bandeira do Brasil (Foto: AFP)   Nesta quarta, ela partiu para os 800m, última prova do conjunto de sete, sem olhar para trás. Buscava o recorde da competição, que não era quebrado desde Winnipeg, em 1999 (6.290 pontos, de Garcia Magallys). Cruzou a linha de chegada em quarto, mas garantiu pela primeira vez na carreira o lugar mais alto do pódio em uma edição de Pan, com 6.133 pontos.

A boa fase não se restringe ao resultado esportivo. "Namoradinha" de Felix Sánchez, ela diz que vai aguardar a participação do dominicano em Guadalajara, na sexta-feira, para comemorar ao lado dele.

- Vou conversar com ele hoje. Ontem, nos falamos por e-mail e ele disse que o ouro já era meu. A comemoração é só no dia 28 (data da final dos 400m com barreiras). Vai ser a dois. É só isso que eu posso falar agora - encerrou a brasileira.

Lucimara figurou na primeira colocação do heptatlo desde a terça-feira, quando foram realizadas quatro provas. Venceu os 100m (13s50) e o salto em altura (1,80m), ficou em segundo lugar nos 200m (24s76) e em terceiro no arremesso de peso (12,93m). Nesta quarta, a boa campanha da brasileira continuou. Ela liderou a prova de salto em distância (6,36m) e terminou em terceiro no lançamento de dardo (42,03m). Na última prova, os 800m rasos, Lucimara não brilhou. Garantiu apenas com quarta posição (2m21s39), mas o suficiente para garantir o ouro, com 6.133 pontos.          

veja também