MENU

No colo do pai, Morena Cipriano vira símbolo de valentia no título do NBB

No colo do pai, Morena Cipriano vira símbolo de valentia no título do NBB

Atualizado: Quinta-feira, 26 Maio de 2011 as 10:04

A cena é sempre a mesma e, lógico, não poderia faltar justamente na comemoração do título. Acabou o jogo, e lá está Marcio Cipriano, todo suado, com filha no colo. Aos 8 meses de idade, Morena ainda não sabe exatamente o significado do que aconteceu na noite de terça-feira. Com brincos dourados, lacinho no cabelo, pulseira no braço direito e um vestidinho branco que àquela altura já recebia o suor vitorioso do pai, a pequena Cipriano nem desconfiava que sua ainda breve história de vida tinha tanto a ver com a conquista do Brasília no NBB.

Morena nos braços de Cipriano: segundo o pai, a medalha já é dela (Foto: Rodrigo Alves / Globoesporte.com)

  - A mãe já tinha tido problemas anteriores e teve de tomar injeções durante os nove meses de gravidez. Então a gente diz que a Morena foi cultivada dia a dia. É como o título: a gente começa com esse objetivo e vai treinando devagarzinho. Nos dois casos, deu tudo certo – festeja Marcio, autor de 11 pontos e nove rebotes no jogo decisivo contra Franca, no ginásio Nilson Nelson.

Cipriano disputa a bola com Dedé na final contra Franca (Foto: Célio Messias / Divulgação)

  Quando o ala-pivô conversou com o GLOBOESPORTE.COM por telefone, no dia seguinte ao título, já tinha trocado o papel de campeão pelo de pai: estava com a filha no dermatologista. E se a mãe Eula também joga basquete, o destino de Morena parece certo.

- Pois é, vamos ver. Ela frequenta todos os jogos desde que ainda estava na barriga, não perdeu nenhum até hoje. E já está calçando 18, tamanho de uma criança de 1 ano. A influência é grande, né, já tem um pé no basquete – diverte-se o jogador.

Logo após o jogo de terça, quando já passava de meia-noite, o time inteiro foi para uma churrascaria em Brasília, mas a família Cipriano voltou cedo para casa. Tudo pela caçula. E se o sapatinho 18 e a presença assídua nos ginásios não garantir o futuro, ao menos o gosto pela vitória está no sangue. É o que atesta o comentário do jogador no Facebook na noite de quarta:

- A Morena já se apropriou da medalha...          

veja também