MENU

No duelo à beira do campo, Muricy leva vantagem nos jogos contra Luxa

No duelo à beira do campo, Muricy leva vantagem nos jogos contra Luxa

Atualizado: Sábado, 12 Março de 2011 as 9:20

Vanderlei Luxemburgo e Muricy Ramalho somam nove títulos do Campeonato Brasileiro (cinco do primeiro e quatro do segundo). Estão entre os técnicos mais vitoriosos do país e serão adversários pela 24ª vez neste domingo. Flamengo e Fluminense se enfrentam no Engenhão, às 18h30m (de Brasília), pela terceira rodada da Taça Rio. O confronto entre os treinadores é uma atração a mais do clássico.

- O clássico já está valorizado. Está sempre. O Fluminense é o campeão brasileiro, os dois times têm grandes jogadores, grandes técnicos. Têm possibilidade de fazer um grande jogo e disputar a ponta dos campeonatos que disputarem – disse Luxemburgo.O retrospecto de treinador rubro-negro contra o comandante tricolor é desfavorável. Em 23 partidas, foram 13 vitórias de Muricy, quatro empates e seis vitórias de Luxemburgo. Será a primeira vez que se enfrentam em um Fla-Flu. No último confronto, no Brasileiro do ano passado, vitória de Muricy e demissão de Luxemburgo, então no Atlético-MG. Depois de sofrer uma goleada por 5 a 1, em 23 de setembro, no Engenhão, ele foi dispensado no vestiário. O Galo estava seriamente ameaçado pelo rebaixamento.

Na chegada ao Flamengo, no início de outubro, também viveu dificuldades. Só conseguiu eliminar os riscos de queda para a Segunda Divisão na penúltima rodada e com o benefício de outros resultados. Em 2011, a história é diferente. Com um grupo reformulado, que ganhou jogadores importantes - Ronaldinho, Thiago Neves e Felipe - e faz ótima campanha no Carioca. Em 11 jogos, dez vitórias e um empate. E a conquista da Taça Guanabara. Na Copa do Brasil, avançou à segunda fase com um triunfo sobre o Murici, em Maceió, sem a necessidade de disputar a segunda partida.

Sobre clássico, o treinador rubro-negro diz que os atletas têm de ser tratados como protagonistas.

- Esqueçam os técnicos. Sempre falo isso, mas o pessoal acha que é demagogia. O brilho de um clássico pertence aos jogadores. Ronaldinho, Conca, Thiago Neves, Rafael Moura. Eles fazem o espetáculo, decidem.

Muricy Ramalho, por sua vez, não poupou elogios ao adversário de domingo.

- Faço o meu trabalho e respeito todos os técnicos que têm capacidade. Uns ganham mais títulos do que outros, mas respeito todos. O Vanderlei é bem preparado. É um cara inteligente dentro e fora do campo, organizado.

E Luxemburgo reconhece que é sempre mais difícil enfrentar times comandados por profissionais de gabarito.

- Se fosse fácil, não estaríamos onde estamos. Há competência, história de vitórias, de conquistas. Jogar contra equipes de grandes treinadores, como Muricy, Luxemburgo, Felipão, e muitos outros, é difícil pela nossa história.

O Flamengo lidera o Grupo A, com seis pontos. No B, o Flu tem a mesma pontuação e divide o primeiro lugar com o Botafogo.  

veja também