MENU

No frio, Alonso domina manhã e minimiza temores da Ferrari

Alonso domina manhã e minimiza temores da Ferrari

Atualizado: Sexta-feira, 10 Fevereiro de 2012 as 10:11

Em uma sessão de muito frio em Jerez de la Frontera, Fernando Alonso minimizou os temores da Ferrari quanto à fabricação do novo carro e liderou os testes na manhã desta sexta-feira. Até as 12h locais (9h de Brasília), o espanhol era o piloto mais rápido com o tempo de 1min18s877.

Esta é a primeira vez que uma Ferrari lidera os trabalhos desde o início da pré-temporada da Fórmula 1, na última terça-feira. Nos três dias anteriores, o brasileiro Felipe Massa havia fechado uma jornada na nona posição e outra na sétima; já Alonso ficou em sétimo na última quinta, quando o diretor técnico da escuderia, Pat Fry, admitiu que não estava feliz com o F2012 e que "havia muito trabalho para ser feito".

A resposta do espanhol veio rapidamente. Já nesta sexta, ele dominou as atividades abrindo boa vantagem para os outros carros - o francês Jean-Éric Vergne, da Toro Rosso, marcou 1min19s667, enquanto que o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, fez 1min19s673.

Resta saber a quantidade de combustível utilizada por Alonso na comparação com os outros dias de trabalho da Ferrari. Via Twitter, a escuderia apenas confirmou que o veículo foi equipado com pneus macios, apontando ainda que o programa era o mesmo das atividades anteriores em Jerez: "coletar o maior número de dados possível sobre o comportamento do F2012, especialmente na parte aerodinâmica".

O que se sabe com certeza é que a sexta-feira foi de muito frio no inverno espanhol. As atividades se iniciaram às 9h locais (6h de Brasília) com - 2ºC. Uma hora e meia depois, a temperatura havia subido para 3ºC, com a temperatura da pista em 7ºC.

O tempo de Alonso, de qualquer forma, não chegou perto do de 1min17s613 feito por Nico Rosberg na quinta. O alemão, porém, pilotava uma Mercedes antiga - a equipe só lançará o novo modelo nos testes de Barcelona, a partir de 21 de fevereiro, e preferiu não trabalhar no último dia em Jerez. Considerando-se apenas monopostos de 2012, o líder da semana é o francês Romain Grosjean, que marcou 1min18s419 a bordo da Lotus, também na quinta-feira.

Nesta manhã, Grosjean ocupou o quarto lugar com 1min19s729, logo à frente do japonês Kamui Kobayashi, da Sauber (1min19s834). O alemão Nico Hulkenberg apareceu em sexto com 1min20s056 - ele deveria ter estreado pela Force India no dia anterior, mas isso não foi possível pois o reserva do time, o francês Jules Bianchi, bateu o carro e não houve tempo suficiente para consertá-lo.

Fecharam o grupo dos pilotos que foram à pista na sexta-feira o italiano Jarno Trulli, sétimo colocado, e o brasileiro Bruno Senna, o oitavo. Trulli testou pela primeira vez o novo carro da Caterham, utilizado anteriormente pelo titular finlandês Heikki Kovalainen e pelo reserva holandês Giedo van der Garde. Já Bruno trabalhou com o FW34, recém-fabricado modelo da Williams, pelo segundo dia seguido: até as 9h (de Brasília), seu tempo de 1min23s217 era bem pior que o de 1min21s293 obtido na quinta.

Red Bull tem problema e impede Vettel de testar

O problema do dia ficou por conta da Red Bull. Após fazer 96 voltas na quinta-feira e se dizer satisfeito com o rendimento do RB8, o alemão Sebastian Vettel só pôde completar duas voltas de instalação pela manhã.

Ele logo precisou parar devido a um problema elétrico no novo carro da equipe, que no Twitter informou que trabalhava para resolver o assunto e que esperava colocar o bicampeão mundial de novo na pista na parte da tarde.

Veja os tempos dos testes da Fórmula 1 na manhã desta sexta-feira em Jerez de la Frontera:

1. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1min18s877 (22) 
2. Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso) - 1min19s667 (26) 
3. Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 1min19s673 (27) 
4. Romain Grosjean (FRA/Lotus) - 1min19s729 (24) 
5. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - 1min19s834s (25) 
6. Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - 1min20s056s (33) 
7. Jarno Trulli (ITA/Caterham) - 1min23s215 (40) 
8. Bruno Senna (BRA/Williams) - 1min23s217 (55) 
9. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - sem tempo

veja também