MENU

No grupo da favorita Espanha, Suíça e Chile duelam de olho na liderança

No grupo da favorita Espanha, Suíça e Chile duelam de olho na liderança

Atualizado: Segunda-feira, 21 Junho de 2010 as 7:20

A expectativa era de que a Espanha reinasse absoluta na primeira fase da Copa do Mundo. Mas nesta segunda-feira, Chile e Suíça se enfrentam disputando a liderança isolada do Grupo H, em duelo no Estádio Nelson Mandela Bay, em Porto Elizabeth, pela segunda rodada do Mundial da África do Sul, às 11h (de Brasília), 16h (horário sul-africano).

Depois de vencerem seus compromissos, as duas seleções buscarão um resultado positivo que representará um importante passo rumo às oitavas de final.A partida será transmitida ao vivo pelo GLOBOESPORTE.COM, pela TV Globo e pelo SporTV.

Protagonista da maior zebra da primeira rodada da Copa, a Suíça chega com a confiança em alta, depois de vencer por 1 a 0 a Espanha. Com uma forte defesa, que não sofre um gol em Mundiais há mais de oito horas, a seleção confia na repetição da fórmula “marcação e contra-ataque” para garantir mais um resultado positivo. Já o Chile, que quebrou um tabu de 48 anos ao fazer 1 a 0 sobre Honduras, garante que apostará num esquema ofensivo para seguir no Mundial.

Confira a classificação atualizada da Copa do Mundo da África do Sul

Nos últimos treinos, o técnico Marcelo Bielsa testou o Chile com três zagueiros, como forma de se proteger dos contra-ataques suíços. No entanto, não abriu mão dos três atacantes. O trio ofensivo, aliás, deverá sofrer uma alteração. Valdivia, mesmo recuperado de dores musculares - ele inclusive treinou normalmente neste domingo - , deve dar lugar ao centroavante Humberto Suazo, que não participou da primeira partida por causa de uma lesão.

Frei deve voltar entre os titulares (Foto: agência EFE) Na Suíça, a novidade pode ser a volta do experiente Alexander Frei, de 30 anos, que sofreu uma lesão no tornozelo direito poucos dias antes da viagem para a África do Sul. Ele pode ficar no banco de reservas, mas é provável que substitua Nkufo. Já o meia Behrami, que se recupera de uma lesão muscular, também deverá ser opção do técnico Ottmar Hitzfeld no banco. O desfalque certo é o zagueiro Senderos, que se machucou ainda no primeiro tempo do jogo contra a Espanha.

Humildade suíça

Apesar de ter batido um dos favoritos ao título, a Suíça preferiu adotar um discurso humilde, passando toda a responsabilidade para o adversário. Para o técnico Ottmar Hitzfeld, os chilenos são os favoritos.

- É um grupo disciplinado, que vem ganhando experiência internacional e mostrou ser mais agressivo do que a Espanha. Mas tenho confiança na minha equipe - afirmou.

Favoritismo? Chile nega

Bielsa voltou a negar favoritismo chileno (Foto: EFE) De acordo com Marcelo Bielsa, todos os jogadores estão aptos para a partida contra a Suíça. No entanto, ele lembrou que, mesmo recuperado de lesão e praticamente confirmado entre os titulares, Suazo só jogou 45 minutos de um amistoso contra Israel, em Concepción.

Alheio às pressões de que os chilenos são os favoritos para o grupo após a derrota da Espanha na primeira rodada, Bielsa preferiu não polemizar e se livrar da responsabilidade.

- Os merecimentos não se perdem tão rapidamente. A Espanha chegou ao campeonato como a melhor equipe do mundo, e essa qualificação é merecida. Nesta Copa do Mundo, se tem algo que não é permitido é presumir resultados - disse.   Por GLOBOESPORTE.COM Porto Elizabeth, África do Sul fonte:globo.com MCS

veja também