MENU

No lugar dos parabéns a cobrança: Julio Cesar vê clima de Libertadores

No lugar dos parabéns a cobrança: Julio Cesar vê clima de Libertadores

Atualizado: Quinta-feira, 8 Dezembro de 2011 as 9:56

Julio Cesar, do Corinthians, já recebe cobranças pela

Libertadores (Foto: Wagner Bordin/SporTV.com) A obsessão do Corinthians pela Libertadores é tão grande que nem mesmo o título brasileiro ameniza esse sentimento de alguns torcedores. Um dos símbolos da conquista do pentacampeonato nacional, o goleiro Julio Cesar já tem ouvido alguns pedidos nas ruas. Os parabéns já deram lugar às cobranças.

- Alguns torcedores nas ruas já bateram no ombro e cobraram a Libertadores. O pessoal já não fala nem parabéns mais, o que querem agora é essa conquista que ainda não temos - declarou o camisa 1, que neste sábado, às 16h, organiza um jogo beneficente no estádio Primeiro de Maio. Os alimentos arrecadados serão doados para o fundo de solidariedade de São Bernardo do Campo.

Depois de um período de incertezas, de altos e baixos e de muitas críticas, Julio Cesar aproveita o bom momento para fazer um alerta aos corintianos. Segundo o goleiro, não adianta nada essa fixação pelo torneio sul-americano. Ela não ajuda, só atrapalha. De qualquer maneira, ele vê o time no caminho certo.

- Ajudaria tirar esse clima de obsessão. Até porque o fator que vai mais nos ajudar é participar sempre da competição. Isso é que vai nos condicionar e nos ambientar com o campeonato. Já vamos pro terceiro ano consecutivo na disputa. Estamos no caminho certo - opinou o goleiro corintiano.

Campeão brasileiro de 2011, o Corinthians já tem o seu grupo na Libertadores da América de 2012 definido. Vai encarar o mexicano Cruz Azul, o venezuelano Deportivo Táchira e um representante do Paraguai ainda a ser definido.

Essa é a nona vez que o Timão vai tentar o mais importante título da América do Sul. A equipe jamais foi finalista. Chegou uma vez na semifinal, em 2000, duas vezes nas quartas de final, em 1996 e 1999, três vezes nas oitavas, 1991, 2003 e 2006, caiu na primeira fase em 1977 e na pré-Libertadores em 2010.      

veja também