MENU

No primeiro dia de mandato, Tirone pede 'trégua' e apoio ao time

No primeiro dia de mandato, Tirone pede 'trégua' e apoio ao time

Atualizado: Sexta-feira, 21 Janeiro de 2011 as 8:37

Arnaldo Tirone já fez seu primeiro pedido aos torcedores como novo presidente do Palmeiras. Depois de vencer as eleições por 158 contra 96 de Paulo Nobre e 21 de Salvador Hugo Palaia, o empresário de 60 anos afirmou que precisará da ajuda das arquibancadas para empurrar a equipe.

No primeiro jogo do Paulista, o time empatou em 0 a 0 com o Botafogo-SP. Às 21h desta quinta-feira, em Piracicaba, o Alviverde enfrenta o Ituano, buscando se recuperar no campeonato para não ficar muito atrás dos seus principais concorrentes - Santos, São Paulo e Corinthians. O novo mandatário acompanhará o time no interior paulista.

- O que posso prometer é que nosso grupo é bem intencionado, vamos procurar trabalhar muito, vamos tentar dar nova dinâmica ao Palmeiras. Está sendo feito o trabalho, e peço ao torcedor que dê um apoio ao técnico e ao time no Paulista para ver se nosso time encontra um caminho mais tranquilo para jogar. Acredito no técnico Luiz Felipe Scolari, no time e no Palmeiras - disse Tirone ao site oficial do clube.

O presidente palmeirense também comentou sobre o momento que vive a equipe. Com campanhas ruins nos últimos dois anos, o Alviverde levantou sua última taça no Paulista de 2008. O clima político também não foi dos melhores neste período, com confusões constantes entre oposição e situação.

- Vamos resgatar esse lugar que o Palmeiras sempre esteve. Agora ele está um pouquinho fora dos trilhos, mas logo voltará. Preciso da ajuda de todos e de uma trégua para poder trabalhar, porque com pressão é mais difícil. Mas a torcida pode ficar tranquila porque vamos suar a camisa.

veja também