MENU

No reencontro após a eliminação na Libertadores, Fla enfrenta LDU

No reencontro após a eliminação na Libertadores, Fla enfrenta LDU

Atualizado: Quarta-feira, 19 Outubro de 2011 as 11:02

Em 2010, Adriano e Vágner Love não conseguiram manter o Flamengo de pé diante da Universidad de Chile de Montillo. O argentino marcou, e La U fez o Rubro-Negro dar adeus ao sonho do título da Libertadores nas quartas de final. Um ano depois, os times se reencontram. O comando rubro-negro agora é de Ronaldinho Gaúcho. No lado chileno, Eduardo Vargas é a principal arma. Com elencos bastante modificados, as equipes se enfrentam por uma vaga nas quartas de final da Sul-Americana. O jogo começa às 21h50m, no Engenhão.

A TV Globo transmite a partida para todo o Brasil, exceto para São Paulo, Santa Catarina e para as cidades paranaenses de Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Paranavaí e Guarapuava. O canal Premiere, pelo sistema pay-per-view, exibe para todo o país. O GLOBOESPORTE.COM também acompanha todas as emoções em Tempo Real.

Flamengo: Vanderlei Luxemburgo decidiu poupar alguns jogadores para a partida pela Copa Sul-Americana. Léo Moura e Alex Silva não jogam. Felipe, com uma inflamação no olho esquerdo, pode ficar fora. Com isso, a provável formação terá Paulo Victor (Felipe), Galhardo, David Braz, Welinton e Junior Cesar; Airton, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Deivid.

Universidad de Chile:   Jorge Sampaoli manteve a lei do silêncio no treino de reconhecimento do gramado do Engenhão, na véspera da partida. Porém, o técnico não deve mexer no time que venceu o Nacional-URU na segunda fase da Sul-Americana, aproveitando o bom aproveitamento do esquema com três atacantes. La U deve entrar em campo com Johnny Herrera; Marcos González, Eugenio Mena, Osvaldo González e José Rojas; Chalés Aránguiz, Marcelo Diáz e Matias Rodríguez; Eduardo Vargas, Francisco Castro e Gustavo Lorenzetti.

Flamengo: Alex Silva e Léo Moura serão poupados por Vanderlei Luxemburgo. Luiz Antonio segue em recuperação de cirurgia no ombro.

Universidad de Chile: o atacante Gustavo Canales não joga. Depois de saber que ficaria no banco de reservas contra o Flamengo, o jogador, que se recupera de uma lesão, discutiu com o técnico e se recusou a treinar. Com isso, foi suspenso e nem viajou para o Brasil.

Flamengo: sem Léo Moura e Alex Silva, Galhardo e David Braz ganham chance de mostrar para Vanderlei Luxemburgo que podem ser úteis para a Sul-Americana e para a reta final do Brasileirão. Os jogadores têm treinado bem entre os reservas.

Universidad de Chile: Eduardo Vargas é o vice-artilheiro da Sul-Americana. O atacante marcou três gols em quatro jogos e promete levar perigo à zaga rubro-negra, com a ajuda do trio de ataque formado também por Castro e Lorenzetti.

Ronaldinho Gaúcho, atacante do Flamengo: “É motivante, é bom jogar uma competição assim. Na Sul-Americana são poucos jogos para conseguir uma vaga na Libertadores, o caminho é mais rápido”.

José Rojas, lateral-esquerdo do Universidad de Chile: “Eles estão passando por um bom momento, acima na tabela, e nós também. Vai ser um bonito jogo”.

* O duelo desta quarta-feira será o do desempate. Flamengo e La U já se enfrentaram 11 vezes, com um empate e cinco vitórias para cada lado. Quem vencer no Engenhão fica em vantagem.

* É a primeira vez que os dois times se enfrentam pela Sul-Americana.

* Na Libertadores, foram quatro confrontos. Duas vitórias para a equipe chilena, uma para a brasileira e um empate.

O duelo de 2010 não traz boas recordações para o Flamengo. Apesar de Vagner Love e Adriano terem marcado para o Rubro-Negro, o Império do Amor caiu com um golaço de Montillo, hoje no Cruzeiro. Mesmo com a vitória por 2 a 1, o time carioca foi eliminado nas quartas de final da Libertadores, pois havia perdido o jogo de ida, no Maracanã, por 3 a 2.          

veja também