MENU

Nos confrontos diretos, São Paulo tem apenas 18,5% de aproveitamento

Nos confrontos diretos, São Paulo tem apenas 18,5% de aproveitamento

Atualizado: Terça-feira, 4 Outubro de 2011 as 10:03

Em um Campeonato Brasileiro tão equilibrado, com as seis primeiras equipes na tabela de classificação separadas por apenas seis pontos, são os confrontos diretos entre os ponteiros que poderão dar vantagem a alguma equipe na briga pelo título, que será decidido no dia 5 de dezembro. E, além da fraca campanha no Morumbi (seis vitórias, quatro empates e quatro derrotas em 14 partidas disputadas), existe outro fator que explica o motivo de o time não deslanchar no torneio: o fraco aproveitamento nos duelos com os outros candidatos ao caneco.   Até agora, o time tem aproveitamento de 18,5% contra os rivais. Foram nove partidas, com uma vitória, dois empates e seis derrotas. A última chance de buscar uma vitória será no duelo contra o líder Vasco, no dia 31 de outubro, em São Januário.   O volante Denilson relembra que, para lutar pelo título, o time precisa melhorar seu desempenho nesta reta final do Brasileirão.  - Vamos em busca do título, está tudo aberto. Não conquistamos o resultado que queríamos contra o Flamengo, mas o empate entre Vasco e Corinthians ajudou bastante. Continuamos na briga. Sabemos das dificuldades, mas vamos em busca dos três pontos. Vamos nos reerguer em busca do título – lembrou o meio-campista.

Cícero por sua vez, diz que o time precisa adotar o lema “vacilo zero” nas 11 rodadas que restam para terminar o Campeonato Brasileiro.

- Dificulta você ter tanto tropeço, e o título fica cada vez mais difícil. Mas a equipe está ciente do que precisa fazer. O empate em São Januário nos manteve na briga. Precisamos chegar a um equilíbrio nos jogos que restam – ressaltou o jogador.

Tricolor não conseguiu ganhar do Corinthians no torneio  (Foto: Marcos Ribolli/GLOBOESPORTE.COM)

  O polivalente tricolor ressaltou que o time tem de aproveitar as próximas quatro partidas (Cruzeiro, Internacional, Atlético-GO e Coritiba) para somar o maior número possível de pontos antes da decisão contra o Vasco.

- Espero que possamos brigar pelo título. Precisamos fazer uma boa pontuação nesses quatro jogos até o Vasco. A equipe precisa estar ciente do que tem de fazer dentro de campo. Não podemos vacilar tanto - lembrou.           

veja também