MENU

'Novato', ponteiro João Paulo Bravo pode disputar o Mundial como líbero

'Novato', ponteiro João Paulo Bravo pode disputar o Mundial como líbero

Atualizado: Quinta-feira, 2 Setembro de 2010 as 8:38

Aos 31 anos, João Paulo Bravo nunca disputou um campeonato oficial pela seleção brasileira. Apesar de ser considerado um dos melhores ponteiros da atualidade, sua estreia com a camisa verde-amarela foi na apenas semana passada, durante o Torneio Hubert Perzerg Wagner, um quadrangular na Polônia. O desempenho agradou ao técnico Bernardinho, e o jogador passou a ser cotado para a lista dos 14 convocados que vão brigar pelo terceiro título do Campeonato Mundial, a partir de 24 de setembro, na Itália. O curioso é que a oportunidade não será na posição, e sim na de líbero.

A cirurgia na coluna do líbero Serginho , que retirou duas hérnias para a implantação de pinos de titânio, levou Mário Jr ao time titular e abriu uma vaga na reserva. Enquanto o Brasil brigava pelo eneacampeonato da Liga Mundial , na cidade argentina de Córdoba, Bernardinho chamou João Paulo Bravo para treinar no CT de Saquarema e, aos poucos, se adaptar à nova realidade. Foram 30 dias consecutivos de repetições de passe e defesa, principais fundamentos da posição.

- Estava há dois meses parado quando fui chamado, mas me coloquei totalmente à disposição. Não vim para substituir o Sérgio, essa vaga é do Mário. Eu me sinto pronto e confiante para ajudá-lo se for preciso. Nunca imaginei que um dia isso poderia acontecer, de jogar em uma outra posição, mas não vou desperdiçar a oportunidade de disputar um Mundial – garantiu Bravo, com um sorriso no rosto.

O ponteiro acredita que tenha sido lembrado pela comissão técnica brasileira por ter o passe como uma das suas características mais fortes. Os cinco anos em que atuou na Itália, sendo dois deles no time do Piacenza, no qual teve Serginho como companheiro, o ajudaram a aprimorar o fundamento.

No quadrangular na Polônia, o seu primeiro jogo foi como ponteiro. Fez dupla com Murilo e Dante, que entrou durante a partida. No jogo decisivo, que garantiu o título à seleção brasileira, ele estava na função de líbero.

- Fiquei um pouco nervoso no primeiro set, ainda é uma realidade nova para mim, mas depois me senti seguro. Defendi e passei com confiança – contou o jogador, que está de mudança para a Turquia, onde vai defender o Arkas Spor por duas temporadas.

Bernardinho demonstra estar determinado em levar João Paulo Bravo como segundo líbero para o Mundial, mas pensa em testar algumas possibilidades antes de divulgar a lista dos 14 jogadores convocados. Os nomes serão anunciados após os três amistosos com os poloneses, neste fim de semana, em Curitiba.

- O João é um jogador muito versátil. Como jogou muito tempo lá fora, ganhou moral e confiança. Na Polônia, ele já fez a função de líbero. Nos amistosos em Curitiba, vou testar as possibilidades para definir os 14 jogadores do Mundial – explicou o técnico

veja também