MENU

Nove anos depois, Mancini começa uma partida como titular do Galo

Nove anos depois, Mancini começa uma partida como titular do Galo

Atualizado: Segunda-feira, 11 Abril de 2011 as 10:46

Mancini satisfeito com a atuação contra a Caldense (Foto: Marco Antônio Astoni / Globoesporte.com)

  Nove anos após trocar o Atlético-MG pelo futebol europeu, Mancini voltou a jogar uma partida como titular com a camisa do clube. Agora como atacante, Mancini fez parte da equipe que venceu a Caldense por 2 a 0, nesse domingo, em Poços de Caldas, pela décima rodada do Campeonato Mineiro. O jogador gostou da vitória atleticana, mas disse que ainda há muito que melhorar.

- Foi bom pelo resultado, mas claro que sempre queremos mais, sempre queremos buscar o melhor. É devagarzinho que vamos adquirir confiança e condição física. Em uma estreia como titular, depois de quase três meses, foi bom e deu para correr bacana. Mas ainda está longe do ideal que eu quero atingir. Eu sou um jogador bastante exigente.

O atacante alvinegro espera uma boa sequência de jogos para se firmar entre os titulares do técnico Dorival Júnior.

- O objetivo é continuar jogando e tendo esse ritmo de jogos para melhorar a parte física e, automaticamente, a técnica. Você tem mais noção de espaço, de domínio, de drible, enfim. São essas coisas que, no futebol, você jogando você adquire. Isso automaticamente aparece.

Com experiência de sobra em relação à história recente do Atlético-MG, Mancini falou sobre o futuro após a eliminação na Copa do Brasil, para o Grêmio Prudente, lanterna do Campeonato Paulista.

- A pressão no Atlético-MG sempre existiu, independentemente de estar fora ou não da Copa do Brasil. A responsabilidade de vestir essa camisa é grande, pior ainda quando acontece uma desclassificação precoce como essa. Temos que matar um leão por dia, ganhar jogos. Agora, temos o América TO, em um jogo onde podemos fechar nossa classificação em primeiro lugar, dependendo do resultado do Cruzeiro.      

veja também