MENU

Novo titular na lateral direita, Jean promete se adaptar à função

Novo titular na lateral direita, Jean promete se adaptar à função

Atualizado: Quinta-feira, 8 Julho de 2010 as 9:07

Com a volta de Cicinho para o Roma, da Itália, a lateral direita do São Paulo acabou sendo ocupada de improviso pelo volante Jean. Após jogar mais uma vez como titular, em um jogo-treino na manhã desta quarta-feira contra o Paec, no CT da Barra Funda, o atleta assegurou que está pronto para assumir a nova posição no elenco.

- Tenho que tentar me readaptar o mais rápido possível para não ter sofrimento, e não demorar a me entrosar com a equipe. Muda muita coisa do meio para a lateral, as características são totalmente diferentes. Temos que estar preparados para qualquer tipo de situação - explicou.

Habituado com a posição no meio-campo, Jean reconheceu que sua principal fraqueza para atuar na lateral é o cruzamento, e assegurou que já iniciou os trabalhos para melhorar o fundamento.

- Eu tenho trabalhado mais a parte de cruzamentos. Preciso me adaptar melhor e desenvolver este fundamento. Quero buscar a perfeição nas duas posições. Quero aprender muito ainda na ala, assim como aprendi no meio-campo - afirmou.

Nos últimos dois jogos-treinos do Tricolor, o jogador atuou mais recuado, e não como ala, como Cicinho costumava fazer. Com a escolha de Ricardo Gomes de usar o time em 4-4-2, o atleta acaba alternando de posição com Junior César entre uma função mais de marcação ou comliberdade para atacar.

- Às vezes a gente procura alternar. Quando eu estou no ataque ele procura defender, quando eu fico mais para trás é porque ele está atacando. De vez em quando até vamos os dois, mas procuramos trocar. Nossas características são até parecidas, mas ele, em cruzamentos, éperfeito - garantiu o atleta.

Elogiado por Gomes, Jean procurou evitar o assunto sobre o interesse da diretoria tricolor em contratar um lateral-direito fixo na posição, para substituir Cicinho.

- Depende do ponto de vista do Ricardo e da diretoria, se para eles eu sou o bastante ou se precisam de mais alguém. Isso cabe a eles responder, eu só faço o meu papel. Se precisarem de mim, eu vou resolver, vou estar preparado - concluiu.

veja também