MENU

Nunes não esquece rusga com rival do Flu: 'Vamos nos encontrar ainda'

Nunes não esquece rusga com rival do Flu: 'Vamos nos encontrar ainda'

Atualizado: Quarta-feira, 10 Novembro de 2010 as 9:01

No fim do clássico com o Fluminense, domingo, no Engenhão, Nunes e Leandro Euzébio protagonizaram um desentendimento em campo e tiveram que ser contidos pelos outros jogadores. A confusão quase continuou na porta do vestiário, já que o atacante vascaíno ficou esperando para tirar satisfação com o zagueiro tricolor. O atleta do Vasco foi impedido por PC Gusmão e Dedé.

Nesta terça, após o treino, Nunes mostrou que não esqueceu a rusga. Ele disse que joga duro contra os zagueiros, mas, ao contrário de Euzébio, não é desleal. O vascaíno, que afirma ter recebido uma cotovelada do adversário, avisou que ainda vai encontrar o defensor tricolor no futuro.

- Sou um atacante que joga duro, dá trombada, mas nunca sou desleal. No lance, a bola estava no ataque. Tem jogador que é desleal. Quem é, na frente paga. Vamos nos encontrar ainda. Era um jogo em que todo mundo estava tenso, com a adrenalina a mil. Acabei levando uma cotovelada sem bola e fiquei um pouco exaltado.Quando um adversário quer fazer palhaçada, acabamos ficando chateados - disse o atacante.

Nunes disse que Leandro Euzébio é conhecido por ser violento. Ele contou que é muito difícil se controlar dentro de campo quando se sente desrespeitado.

- Quem joga contra o Leandro Euzébio sabe como ele é. Me deu uma cotovelada e me desrespeitou. Não gostei. Na hora, com a cabeça quente, fui tirar satisfação. Agora, não faria. Só quem está lá dentro sabe o que acontece quando o jogador é provocado: não mede as consequências.

O Vasco, 11º colocado com 45 pontos, enfrenta o São Paulo no próximo domingo, às 19h30m (de Brasília), em São Januário.

Por: Fred huber

veja também