MENU

Odone reafirma entendimento com Renato Gaúcho e pede mobilização

Odone reafirma entendimento com Renato Gaúcho e pede mobilização

Atualizado: Domingo, 20 Março de 2011 as 4:25

Durante a semana, em entrevista à Rádio Gaúcha, o presidente gremista Paulo Odone dirigiu ao técnico Renato Gaúcho e aos jogadores do grupo principal críticas pelo empate com o León de Huánuco, no Peru. Neste domingo, minutos antes da partida entre Grêmio e Porto Alegre, no Estádio Passo D'Areia, ele novamente falou sobre o momento da equipe.

Odone esclareceu que as críticas também foram repassadas ao próprio treinador e aos atletas, assim como ao departamento de futebol.

Segundo o presidente tricolor, as conversas vão continuar em busca de uma remobilização, equiparando este Grêmio àquele do final de 2010.

- Precisamos nos remobilizar, e vamos fazer isso nas conversas, que isso não se define em uma conversa só. Precisamos olhar para o próprio umbigo e ver que o time está mal, e que vamos corrigir. O Renato sabe disso, ele mesmo já falou sobre isso, quando disse que o Grêmio foi fazer turismo em Novo Hamburgo - afirmou à Gaúcha.

Sobre a polêmica conversa telefônica de Renato divulgada pelo jornalista Jorge Kajuru, Odone reafirmou que há entendimento entre ele e o treinador:

- Se ele diz que tem foco no Grêmio e não tem nada no Fluminense, eu acredito nele. Se não acredito, tenho que demitir. Não deixo de mudar treinador por causa da torcida. Não tiro o Renato porque continuo confiando nele, mesmo em uma fase ruim agora.

veja também