MENU

ONG americana quer conversar com Comitê Rio-2016 sobre logomarca

ONG americana quer conversar com Comitê Rio-2016 sobre logomarca

Atualizado: Quinta-feira, 20 Janeiro de 2011 as 2:41

A polêmica sobre um possível plágio na marca dos Jogos Olimpícos de 2016 parece ainda não ter chegado ao fim. O presidente da ONG americana Telluride Foundation, Paul Major, pretende conversar com os organizadores da competição sobre a semelhança entre a logomarca do evento e o símbolo da instituição que comanda no Estado do Colorado, nos Estados Unidos. A informação é do jornal "O Estado de S. Paulo".

- Embora seja um grande elogio que o Rio 2016 use um logotipo semelhante à nossa marca, é preocupante, já que tivemos um incidente semelhante há cerca de 6 anos - disse Major ao jornal, referindo-se ao episódio da logomarca do carnaval de Salvador, em 2004.

Na ocasião, a direção da ONG chegou a ameaçar recorrer à Justiça caso o símbolo do carnaval baiano não fosse mudado. No entanto, a situação foi amenizada depois. Desta vez, o presidente não fala em processar o Comitê Rio-2016 , embora admita que gostaria de discutir o assunto com os organizadores da competição.

- Nós não estamos interessados em uma briga com o comitê. Amamos a Olimpíada e gostaríamos de ser solidários. No entanto, estamos a rever essa questão com o nosso advogado de marcas. Direito nacional e internacional é muito complicado nessa área. Espero fazer contato, em breve, com a Rio 2016 para discutir.

Em nota oficial, emitida no início do mês, o Comitê Rio-2016 afirmou ter realizado "uma extensa busca mundial de marcas que tivessem elementos presentes na marca dos Jogos Rio 2016. E tanto o comitê (local) quanto o Comitê Olímpico Internacional (COI) avaliaram que as marcas encontradas na busca não apresentavam conflito com a marca dos Jogos Olímpicos do Rio"".  

veja também