MENU

Oscar, furacão nos treinos, começa a soprar nos jogos

Oscar, furacão nos treinos, começa a soprar nos jogos

Atualizado: Sexta-feira, 11 Março de 2011 as 9:48

Quando o Inter perdia para o Mazembe e via seu mundo ruir em Abu Dhabi, Celso Roth olhou para o banco de reservas. Ali estavam figuras como Andrezinho, mais rodadas, que costumam dar boa resposta, mas o treinador resolveu chamar Oscar. Ele apostou no que via nos treinos. Em dezembro do ano passado, o garoto já chamava a atenção por ser o principal destaque nos trabalhos diários no Beira-Rio. Passados três meses, ele continua assim. Mas agora também faz estragos nos jogos.  

Oscar arrebentou contra o Ypiranga, nesta quinta-feira, no Beira-Rio. Ele participou diretamente de três gols na goleada de 4 a 0. Deu passe direto para Leandro Damião e Zé Roberto marcar. E acionou Daniel para o cruzamento que resultou em outro gol do centroavante.

O garoto ganhou uma chance como titular graças à lesão de D’Alessandro. No jogo anterior, contra o Jaguares, já havia feito um golaço ao ir a campo no segundo tempo. Agora, ele espera ter sequência.

- Estou começando. Espero dar sequência a isso. Quanto mais você joga bem, mais cobrança vem. Todos estavam esperando que eu jogasse bem, e jogamos. Espero manter isso – disse o jogador.

Oscar foi parar no Beira-Rio depois de desavença jurídica com o São Paulo, seu clube de formação. Por causa da briga judicial, ele não teve no Morumbi a mesma sequência de trabalho que vem tendo no Inter. A ideia dele é aproveitar o bom momento para consolidar seus primeiros passos como profissional.

- Espero continuar nesse ritmo, descansar para domingo (jogo contra o Caxias na Serra) e, se jogar, fazer um bom jogo. O Celso Roth pode contar comigo. Estou em um momento bom. (...) No São Paulo, não tive essa sequência. O Inter está me preparando desde o ano passado. Espero ter sequência e ajudar o time tanto na Libertadores quanto no Gauchão.

Celso Roth vem dando atenção ao jogador. Nos treinos, Oscar é o mais cobrado. O treinador gostou muito do desempenho do meia na vitória desta quinta-feira.

- Oscar vem produzindo bem. Ele tem a característica de bater bem na bola, de ter vitória pessoal, de clarear o lance. Ele foi muito bem no jogo. Montamos novamente o 4-2-3-1. (...) É uma questão de sequência. O Oscar está aproveitando a oportunidade, como o Leandro Damião fez – comentou Roth.

D’Alessandro, com lesão na sola do pé direito, está fora dos jogos contra o Caxias, domingo, pelo Gauchão, e diante do Jorge Wilstermann, na quarta-feira da semana que vem, na Bolívia, pela Libertadores. Com isso, Oscar deve ter pelo menos mais duas partidas como titular. Depois, disputará vaga com Zé Roberto.      

veja também