MENU

Oscar leva pouco mais de um ano para ir do Inter B à Seleção

Oscar leva pouco mais de um ano para ir do Inter B à Seleção

Atualizado: Terça-feira, 6 Setembro de 2011 as 4:02

Destaque no time sub-20, Oscar agora é da equipe

principal (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)

  Foi em 17 de junho do ano passado que o Inter surpreendeu ao anunciar a contratação de Oscar, então com 18 anos, promessa forte das categorias de base do São Paulo, mas em litígio com o clube do Morumbi. Começava ali uma história que, pouco mais de um ano depois, renderia a ida do meio-campista para a Seleção Brasileira.

Oscar foi convocado nesta segunda-feira por Mano Menezes para dois amistosos contra a Argentina. Foi a primeira vez em que o jogador colorado foi lembrado para a Seleção principal, em novo degrau de uma escalada do atleta: protagonista do time B, destaque dos treinos no elenco principal, titular e expoente da equipe, protagonista da seleção sub-20.

O jogador não teve paciência para demoras. Ainda em 2010, logo depois de chegar ao Inter, Oscar virou a maior referência da equipe sub-23, que disputava o Brasileirão da categoria. O Colorado foi campeão invicto da disputa. Oscar se dividiu entre as partidas com a gurizada e os treinamentos com o grupo principal, que se preparava para Mundial.

A partir de outubro, Oscar começou a sobrar nos treinos. Dia após dia, era o destaque da atividade, dando sinais de que estava em germinação um futuro titular. O rendimento nos trabalhos rendeu a convocação para a luta pelo bicampeonato mundial, em Abu Dhabi, mas não como titular. Foi a campo no segundo tempo da histórica derrota de 2 a 0 para o Mazembe.

Veio 2011, e aí Oscar começou a se consolidar como titular. Foi bem na Libertadores, ainda sob o comando de Roth. Mas aí sofreu uma lesão justamente no momento da chegada de Falcão. Perdeu espaço e viu o novo treinador contestar sua capacidade de já ser dono de uma vaga na equipe.

- O Oscar está sendo preparado. Acho que ainda não está pronto – disse Falcão em 17 de maio.

Passados três meses e meio, Oscar foi lembrado por Mano Menezes depois de ser um dos referenciais do Brasil na conquista do Mundial Sub-20. Na final, contra Portugal, ele fez três gols. Voltou ao Inter novamente como titular, embora sem o rendimento de antes.

A primeira ida para a Seleção principal acontece às vésperas do aniversário do guri. Na sexta-feira, ele completa 20 anos.

- Fico muito feliz por essa oportunidade. Agradeço ao treinador por ter me dado essa chance. É a primeira vez que vou defender o Brasil pela seleção principal. Quero me empenhar ao máximo, assim como fiz na seleção de base – disse o jogador, em material divulgado por sua assessoria.

Oscar tem 35 jogos pelo Inter. Marcou nove gols. Sua estreia pelo time principal foi em 15 de agosto do ano passado, em derrota de 3 a 0 para o Fluminense.          

veja também