MENU

Palco da decisão do Mundial, estádio de Yokohama protege o gramado

Palco da decisão do Mundial, estádio de Yokohama protege o gramado

Atualizado: Terça-feira, 13 Dezembro de 2011 as 3:47

Estádio de Yokhama está com uma proteção no

gramado para o Mundial (Foto: Tsuyoshi Kawasaki)   Palco da final do Mundial de Clubes da Fifa, o Estádio Internacional de Yokohama ainda tem pouca decoração do torneio a dois dias da estreia do Barcelona no local. Sede da decisão do próximo domingo, o gramado tem recebido tratamento especial para receber as estrelas do time espanhol contra o Al Sadd, quinta-feira, pela semifinal, às 8h30m (de Brasília).

Durante a visita do GLOBOESPORTE.COM ao estádio na noite de segunda (manhã no Brasil), uma enorme capa protegia boa parte do campo, já que as temperaturas caem muito no Japão quando o sol não aparece.

Apesar da proximidade da estreia do Barcelona, ainda havia pouca decoração do Mundial ao redor e dentro do estádio. A organização ainda estava começando a enfeitar o local com os símbolos do clube e do torneio. Uma das poucas sinalizações da competição era a marcação da “zona mista” – espaço reservado para entrevistas dos jogadores – com os escudos de Barcelona e Al Sadd.

Uma curiosidade é que embaixo do gramado há uma área para circulação de pessoas, sobretudo para quem trabalha na parte técnica das transmissão televisivas. Há buracos que podem ser acessados por profissionais para reparos e acertos nos cabos.     Cobertura é útil principalmente quando a temperatura cai (Foto: Tsuyoshi Kawasaki)     O estádio de Yokohama recebeu as finais do Mundial em 2005, 2006, 2007 e 2008, quando o Japão organizou o torneio da Fifa (em 2009 e 2010, o torneio foi realizado nos Emirados Árabes Unidos). São Paulo, em 2005, e Internacional, 2006, já levantaram o troféu ali.

Mas o palco já havia entrado para a história do futebol brasileiro antes: em 2002, a Seleção Brasileira venceu a Alemanha por 2 a 0 e conquistou o pentacampeonato na Copa do Mundo.

O campo é o maior do Japão e tem capacidade para até 72.327 pesoas. A Fifa, no entanto, disponibilizou 68 mil ingressos por jogo no Mundial (semifinal Barça x Al Sadd, disputa de terceiro lugar e final). Inaugurado em 1998, o custo da obra é orçado em cerca de R$ 1,4 bilhão.     Arena ainda não está com banners da Fifa, organizadora do torneio (Foto: Thiago Dias/Globoesporte.com)        

veja também