MENU

Palermo volta à La Bombonera, e Boca Juniors confirma título invicto

Palermo volta à La Bombonera, e Boca Juniors confirma título invicto

Atualizado: Segunda-feira, 12 Dezembro de 2011 as 9:42

O Boca Juniors venceu o All Boys neste domingo, pela última rodada do Torneio Apertura, e confirmou a conquista do título de forma invicta. Apenas duas equipes haviam conseguido o feito na versão de torneios curtos (disputados desde 1990): o River Plate, em 1996, e o próprio Boca, em 1998. A diferença é que entre os três, o atual campeão é o que menos sofreu gols. A vitória, com gol do artilheiro Cvitanich, acabou sendo apenas um detalhe entre tantas emoções vividas em La Bombonera.

Jogadores dão a volta olímpica cercados por familiares (Foto: Reprodução/Canchallena) A primeira grande surpresa estava nas tribunas. Maior artilheiro da história do clube, o ex-jogador Palermo voltou ao estádio pela primeira vez desde que se aposentou no fim da última temporada e foi ovacionado pelo público. Quando o time subiu ao gramado, uma nova emoção: os jogadores deram a volta olímpica com os familiares.

Palermo retribui o carinho dos torcedores em La Bombonera (Foto: Reprodução/Olé) Quem mais chamou a atenção da mídia foi Cvitanich, que estava acompanhado da namorada, a jornalista Chechu Bonelli. Logo após a conquista do título, na penúltima rodada, o casal protagonizou uma cena semelhante à do goleiro Casillas, que beijou a namorada, a também jornalista Sara Carbonero enquanto era entrevistado depois de vencer a Copa do Mundo de 2010 com a seleção da Espanha.

Battaglia: voltou a jogar e entrou para a história do Boca Juniors (Foto: Reprodução/Canchallena) Para encerrar a festa, um recorde. O volante Battaglia, que não jogava há nove meses por causa de uma lesão no tornozelo, fez sua estreia no Apertura e entrou para a história. Aos 28 minutos do segundo tempo, o ídolo entrou em campo e se transformou no maior vencedor da história do Boca Juniors com 17 troféus conquistados.        

veja também