MENU

Palestra Itália é alvo de protestos por vexame em Curitiba

Palestra Itália é alvo de protestos por vexame em Curitiba

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 8:23

Alguns torcedores do Palmeiras voltaram a demonstrar um sentimento de insatisfação por uma humilhação no futebol. Após a derrota por 6 a 0 contra o Coritiba, o Palestra Itália foi alvo de pichações no fim da noite desta quinta-feira.

Entre as reclamações, houve o pedido para a saída de atletas, como Luan e Rivaldo, e críticas gerais: "time de m...", "Queremos jogadores", "Vergonha" e  "Jogadores lixo". A Polícia Militar foi chamada para proteger o local.

O Palmeiras praticamente se despediu da Copa do Brasil com o resultado desta quinta-feira. Para assegurar a vaga, a equipe paulista será obrigada a derrotar o Coritiba por sete gols de diferença na semana que vem, no estádio do Pacaembu.

O clima no Alviverde Imponente promete ser quente nesta sexta-feira. Há promessa de protestos de torcedores no desembarque do elenco.

Nova discussão - O presidente Arnaldo Tirone terá nesta sexta-feira uma nova rodada de reuniões com a WTorre para discutir a assinatura da escritura da Arena Palestra Itália. O dirigente avisa que não irá ceder a pressões para tomar a sua decisão.

"Eu não quero que pare a obra, mas preciso de um tempo. Eu vou assinar, mas sem o revólver na minha cabeça. O prazo que o Walter Torre deu acaba amanhã (sexta), mas as coisas não são tão certas. O Walter Torre fala que já investiu R$ 40 milhões, mas o Palmeiras colocou um terreno que vale R$ 500 milhões. Tenho boa intenção, mas precisamos discutir", disse o mandatário, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Arnaldo Tirone não demonstra receio na chance de paralisação da reforma da casa palmeirense. "Você acha que irei me ajoelhar? Se precisar parar, ele sabe o que está fazendo. Mas quero saber sobre o seguro da obra, que não cobre tudo ainda", comentou o presidente palmeirense.

veja também